Encerrou no último final de semana o Circuito de Prévias Carnavalescas realizado pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), em diversas comunidades da capital piauiense. Sempre com apresentação de bandas locais, o circuito percorreu cinco comunidades espalhadas pelas zonas Sul, Sudeste, Norte e Leste, servindo como mecanismo de cultura e de geração de emprego para pessoas que trabalham na informalidade.

O presidente da FMC, Ênio Portela, disse que o circuito de prévias é apenas umas das opções culturais realizadas antes do Carnaval. Segundo ele, também irão ocorrer outras atividades, a exemplo do Levadão, no Centro de Teresina, o Pranchinha, no bairro Jockey Clube, além dos concursos das majestades e marchinhas carnavalescas e o tradicional maior Corso do Mundo. Ênio Portela voltou a falar da importância dessas atividades para a cidade, pois para ele, os eventos contribuem de forma direta para a geração de empregos diretos e indiretos, fazendo movimentar a economia.

“Com esses eventos todos saem ganhando, por isso já acordamos com o prefeito Dr. Pessoa mais atividades com o intuito de beneficiar o artista local e a classe empreendedora, que aproveita os eventos para gerar renda para suas famílias. Esse é o primeiro Carnaval após a pandemia, é um evento cheio de desafios, porém já conseguimos iniciar com muitas novidades, tudo para atender a necessidade cultural dos teresinenses”, conta Ênio Portela.

Mais dinheiro no bolso

Entre os empreendedores que estão acompanhando as atividades pré-carnavalescas está o garçom Fernando Silva, popularmente conhecido como “Campo Maior”, que ao lado do filho, está faturando um dinheiro extra vendendo bebidas, alimentos e brinquedos. Para ele, esses eventos significam mais dinheiro no bolso daqueles que trabalham na informalidade.

“Estou gostando muito desse retorno do Carnaval, espero que o prefeito Doutor Pessoa e o presidente Ênio Portela continuem oferecendo oportunidades para que nós possamos vender nossos produtos. Está dando para faturar bem, porém acreditamos que no Corso as vendas multipliquem, pois o que a gente escuta é o povo falando muito bem desses eventos”, disse Campo Maior, afirmando que, pelos próximos meses, terá recursos para quitar as contas.

Para acompanhar todas as programações carnavalescas realizadas ou apoiadas pela Prefeitura Municipal de Teresina, basta acessar o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o cultura.pmt.pi.gov.br. As informações também estão disponíveis na página cultura_the no Instagram, ou através das hashtags  #CarnavalTeresina2023 ou #CulturaTeresina.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).