Vem pra Ponthe: doações recebidas serão destinadas para famílias atingidas pelas enchentes

Aconteceu neste domingo (30), no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, João Isidoro França, no bairro de Fátima, zona Leste de Teresina, mais uma edição do Vem pra Ponthe, evento que une exposições de carros antigos, atrações culturais e empreendedorismo. Nesta edição, o evento teve um caráter solidário, pois serviu como posto de arrecadação de alimentos, roupas, brinquedos e material de limpeza, que serão doados para as famílias atingidas pelas enchentes na capital.

Para Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), Teresina é carente de opções culturais que agreguem famílias, por isso a gestão municipal resolveu apoiar o Vem pra Ponthe, que agora, segundo o gestor, fará parte do calendário cultural da cidade. Ênio Portela fala ainda que esta edição teve um espaço solidário, dando aos visitantes a oportunidade de ajudar as famílias que foram atingidas pelas cheias.

“Ficamos muito felizes com a resposta do público, pois recebemos muitas doações ao longo do evento. A cultura vem fazendo sua parte, ajudando neste momento aqueles que passam por dificuldades por terem que sair de seus imóveis por conta das cheias dos rios e lagos”, conta Ênio Portela.

Segundo Márcio Almeida, que atua na organização do Vem pra Ponthe, o evento nasceu através de uma iniciativa de amantes de carros antigos, que resolveram se encontrar em um ponto turístico de Teresina. Para Márcio, o apoio da Prefeitura de Teresina tem sido fundamental para manter viva essa iniciativa, pois garante aos organizadores o apoio necessário para garantir a estrutura física e cultural no local do evento.

“Com esse apoio, o Vem pra Ponthe passará a ocorrer mensalmente aqui na ponte Estaiada, dando mais visibilidades a cultura de se preservar veículos antigos, como também aos empreendedores locais que aproveitam o evento para divulgarem seus trabalhos”, conta Márcio Almeida.

A empreendedora Luana Nogueira, trabalha com personalização de materiais escolares, ela participou do evento como expositora e aproveitou a oportunidade para gerar renda para sua família. Ela conta que os empreendedores ficam felizes quando o município apoia iniciativas que gerem oportunidades que garantam espaço para quem empreende.

“Aqui consegui fechar alguns negócios, além de garantir contratos para vendas dos meus produtos. Agradeço aos organizadores pela oportunidade, pois me senti bem representada”, diz Luana Nogueira.

O Vem pra Ponthe é idealizado pelo Grupo Ferrugem e tem apoio da Prefeitura de Teresina, por meio de ações integradas entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec).

 

Ponte Estaiada: evento terá exposição de carros antigos, música e arrecadação de alimentos

Acontece neste domingo (30/01), no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, na zona Leste de Teresina, mais uma edição do Projeto Vem pra Ponthe, evento que conta com exposição de carros antigos, apresentações culturais, feira de artesanato, espaço infantil e ainda food trucks e bebidas artesanais. Esta edição acontecerá em caráter especial, pois além dos atrativos que já são características do evento, o local terá um posto de arrecadação de alimentos, brinquedos, roupas e material de higiene, que deverão ser destinados para famílias que foram atingidas pelas enchentes.

De acordo com Márcio Almeida, do Grupo Ferrugem nas Veias e organizador do Vem pra Ponthe, o evento surgiu para suprir uma necessidade de colecionadores e amantes de carros antigos que sentiam falta de um espaço onde eles e seus familiares pudessem se reunir de maneira saudável, trocando experiências sobre os veículos. Para o organizador, o evento tem conseguido se manter no calendário cultural da cidade, por isso a organização resolveu dar esse tom solidário para essa próxima edição.

“Entendemos que também é nossa obrigação ajudar aqueles que precisam de ajuda neste momento delicado onde muitos estão tendo que deixar suas residências por conta das cheias de rios e lagos. Se você vem para o evento, não esqueça de trazer sua doação, com o pouco de cada um, vamos ajudar muita gente”, conta Márcio Almeida.

Ênio Portela, presidente da FMC e Márcio Almeida, organizador do evento.

Atrações

A animação na Ponte Estaiada começa às 09h e segue até às 14h, e terá animação do DJ Marceleleco, Giu Dias Band, Danilo Rudah e Dublin( cover do U2). O evento é gratuito, devendo o participante fazer o uso de máscaras durante toda a sua permanência no local, sendo ainda recomendado a constante higienização das mãos.

Apoio

Esta edição conta mais uma vez com o apoio da gestão municipal, através de uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec). Para Ênio Portela, presidente da FMC, esse apoio dos órgãos ligados à Prefeitura de Teresina é muito importante para o setor cultural e para a economia, pois neste caso, se trata de um evento que mistura a cultura com oportunidades para os pequenos empreendedores.

“Onde tem iniciativas populares, a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves também estará presente. Também aproveito a oportunidade para pedir o apoio das pessoas que forem ao evento, para que elas levem doações”, conta Ênio Portela.

O Complexo Cultural da Ponte Estaiada fica localizado na Avenida Raul Lopes, no Bairro de Fátima, zona Leste de Teresina. O espaço é ao ar-livre e conta com acessibilidade, segurança e um amplo estacionamento.

Vem pra Ponthe acontece neste domingo (12), na Ponte Estaiada

Acontece neste domingo (12/12), das 08 às 14h, no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, a segunda edição do projeto Vem Pra Ponte, evento que reunirá amantes de carros antigos. Durante essa edição, o espaço terá um palco cultural com apresentações de Jack Caolho e Dj Marceleleco, além da presença da ex-bbb Gyselle Soares.

Além da exposição de carros antigos, o Vem pra Ponthe também contará com espaços para crianças, espaço de alimentação e esportivo, unificando diversas atividades a fim de proporcionar um momento de lazer ao público. O evento é gratuito e está sendo realizado pela Prefeitura de Teresina, por meio de uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e o Grupo Ferrugem nas Veias.

Segundo Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o Vem pra Ponthe já faz parte do calendário cultural do município e que por isso, a organização pretende para 2022 fazer um evento ainda maior. “Estamos realizando esse evento de forma reduzida para que não haja grandes aglomerações, já que ainda estamos em um momento pandêmico. Esse festival é um sucesso, por isso não mediremos esforços para apoiá-lo de forma mais ampla no próximo ano”, diz Ênio Portela.

O Complexo Cultural da Ponte Estaiada fica localizado na Avenida Raul Lopes, no Bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina. Para participar do evento, é preciso fazer uso de máscara e portar o cartão que comprova a vacinação contra a Covid-19 em dias.