Prefeitura de Teresina abre 200 vagas para cursos na área da dança

Dançar sem medo, ou se tornar um profissional da dança é o sonho de muitos e a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), através das ações desenvolvidas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), estará iniciando nesta segunda-feira (27), as inscrições para 200 vagas na área da dança.

As vagas serão oferecidas para os turnos manhã, tarde e noite, sendo todas as aulas oferecidas no Teatro do Boi, que fica localizado no bairro Matadouro, na zona Norte da capital.

Fotos: Ascom FMC

Os cursos serão voltados preferencialmente para os moradores da região Norte, atendendo ao público de 04 a 80 anos, isso, dependendo da categoria escolhida pela pessoa interessada em aproveitar uma das oportunidades. Serão oferecidos cursos de balé clássico, danças folclóricas, jazz e ainda cursos de danças contemporâneas, populares e melhor idade, todos ministrados por profissionais renomados e com larga experiência na capacitação de crianças, jovens e adultos.

De acordo com Kelly Lustosa, coordenadora de dança da FMC, durante a pandemia, todos esses cursos vinham sendo ofertados de maneira remota e que agora com a diminuição das restrições sanitárias, as aulas voltam a ser presencial, oferecendo a pessoa interessada uma melhor qualidade de ensino. Ela explica ainda que para participar, o interessado deverá pagar uma taxa única no valor de R$30 reais e que em casos em que a pessoa não possua renda, ela será isenta, mediante a comprovação de inscrição no Cadúnico atualizado junto ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

“Estes cursos têm como objetivo, proporcionar condições para o desenvolvimento da criatividade dos alunos(as), promovendo o desenvolvimento das suas habilidades na linguagem corporal, na percepção e na imaginação. Eles(as) estudarão técnicas artísticas de criação e composição coreográfica, permitindo criações e a manifestação do potencial artístico da dança”, explica Kelly Lustosa.

Segundo Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, essa é apenas a primeira etapa de ofertas de cursos oferecidos para a população na área da dança. Ela afirma que nos próximos dias, outros cursos também serão oferecidos para quem mora na região do Grande Dirceu, na zona Sudeste de Teresina, onde fica o Teatro João Paulo II, bem como na região do Portal da Alegria, na zona Sul e da Grande Santa Maria da Codipi, na zona Norte.

“Esses cursos estão sendo retomados a pedido do prefeito Dr. Pessoa, que ao ouvir a população, tem recebido muitas demandas neste sentido, por isso estamos reabrindo essas ofertas de cursos populares para que mais teresinenses tenham as mesmas oportunidades de educação na área da dança. Essa formação inicial é o pontapé inicial para que a cidade ganhe novos profissionais e quem sabe no futuro breve, veremos esses talentos em grandes companhias, como por exemplo no premiadíssimo Balé da Cidade de Teresina”, comenta Ênio Portela, reafirmando ainda o compromisso da atual gestão com a manutenção da nossa cultura, sempre oferecendo opções que atendam todas as classes sociais.

COMO SE MATRICULAR?

As inscrições ocorrerão a partir desta segunda-feira, 27 de junho, das 08h às 11h e das 14 às 17h, no Teatro do Boi, o mesmo fica situado na Rua Rui Barbosa, n° 330, bairro Matadouro (zona Norte). As pessoas devem comparecer de forma presencial munidos de RG, CPF e comprovante de residência.

COMO SABER SOBRE NOVAS VAGAS?

Para ficar sempre atualizado sobre a disponibilidade de novas vagas de cursos na área da cultura, os interessados devem acessar diariamente o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves que é o cultura.pmt.pi.gov.br. Nas redes sociais as informações também poderão ser obtidas pelo Facebook ou na página cultura_the no Instagram.

Cultura Itinerante encerra com live após percorrer bairros e povoados de Teresina

O Projeto Cultura Itinerante, que iniciou em janeiro deste ano, e que tinha como objetivo oferecer cultura para o povo teresinense, chegou ao seu final após percorrer seis comunidades nas zonas urbana e rural. Nesta edição foram atendidos os bairros Pedra Mole, Macaúba, Mocambinho, Santa Bárbara e ainda os povoados Alegria e Santa Teresa, onde os moradores dessas comunidades tiveram a oportunidade de assistir apresentação de bandas, balés e humor.

A última edição estava prevista para ocorrer na Praça Cultura do Dirceu, porém com conta do decreto que suspende eventos culturais que gerem aglomerações, o evento ocorreu através de uma live, realizada no último sábado (05). A live teve apresentações de Bruna Mel, Toda Boa, Matheus Q!, Priscila, Zé do Ovo, Vini, além do Corpo de Baile do Teatro do Boi.

Para Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o evento foi um sucesso e contou com a aprovação popular por onde passou. O gestor também destacou a importância da emenda parlamentar enviada pelo vereador Luís André, que garantiu a realização do evento.

“Teresina só tem a ganhar com esse tipo de iniciativa, ficamos tristes por ter que suspender as atividades culturais que gerem aglomerações pelos próximos dias, porém já estamos nos preparando para no término do decreto, voltar a percorrer a cidade com as atividades promovidas pela FMC”, conta Ênio Portela, afirmando ainda que o prefeito Dr. Pessoa, quer neste ano, que a pasta da cultura atenda o maior número possível de comunidades.

O Cultura Itinerante é realizado pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e contou com apoio do Instituto de Gestão e Desenvolvimento Social – IGDS. No site da FMC, o cultura.pmt.pi.gov.br, é possível acompanhar por fotos como o Cultura Itinerante deste ano.

FMC suspende eventos culturais realizados com recursos públicos

Seguindo as recomendações do decreto de número 20.525, do Governo do Estado do Piauí, a Prefeitura de Teresina (PMT), através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), irá suspender durante a validade do decreto, todas as atividades culturais financiadas com recursos da gestão municipal. A princípio estão suspensos os projetos presenciais: Cultura Itinerante, Vem pra Ponthe, Feirarte, e a Semana Cultural que deveria ser realizada na região do Grande Dirceu, durante a segunda semana do mês de fevereiro.

Ainda nesta mesma linha, seguirão suspensas a realização do Corso 2022, bem com as demais atividades carnavalescas que gerem aglomeração e que seriam custeadas através dos investimentos públicos do município. A recomendação da fundação cultural é que a população que queira buscar outros tipos de opções culturais, que façam o uso de máscaras e o principal, cumprir todo o calendário vacinal, tomando as doses recomendadas nas datas previstas.

Segundo Ênio Portela, presidente da FMC, o prefeito Dr. Pessoa se mostrou preocupado com o aumento de casos, e ainda na noite de ontem, orientou a pasta da cultura sobre o cancelamento das atividades, bem como tomar outras medidas que venham a garantir a segurança dos cidadãos teresinenses. Ainda segundo o gestor, assim que liberada, a gestão cultural continuará com seus projetos levando cultura para os bairros e comunidades rurais de Teresina.

“É preciso uma união de todos neste momento, já avançamos muito na imunização dos teresinenses, porém entendemos que esse número precisa melhorar. A população também deve fazer a sua parte, evitando aglomerações, higienizando as mãos e fazendo o uso de máscaras. Nossa intenção é voltar com as atividades culturais o mais rápido possível, porém isso só será viável se a população se unir aos órgãos de saúde”, conta Ênio Portela.

TEATROS MUNICIPAIS E DEMAIS CASAS CULTURAIS

Os teatros municipais continuarão abertos, onde serão realizados alguns eventos particulares, porém a capacidade desses espaços continuará reduzida, devendo o cidadão apresentar o passaporte da vacina ao adentrar a esses locais. As demais casas também seguem as medidas sanitárias, todas com público reduzido e com disponibilidade de totens de álcool 70%.

Prefeitura de Teresina lança Edital de Chamamento Público para artistas

Inicia na próxima segunda-feira (29/11), as inscrições do Edital de Chamamento Público para a seleção de artistas em diversas áreas culturais que deverão atuar em atividades públicas realizadas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), órgão responsável pela fomentação das políticas públicas voltadas para o setor cultural no município de Teresina. O edital vem em meio a uma necessidade de se valorizar o artista local, que foi o primeiro a ser abalado com as medidas restritivas adotadas por conta da pandemia do coronavírus.

De acordo com Ênio Portela, presidente da FMC, serão agraciados neste edital, artistas das áreas de dança, teatro, circo e stand-up, onde cada selecionado terá que participar de uma atividade pública no mês de dezembro, sendo os mesmos contemplados com um cachê no valor de R$ 2 mil reais.

“Nesta etapa os artistas terão até o dia 31 de dezembro deste ano para serem chamados para participarem de atividades realizadas ou patrocinadas pela Prefeitura de Teresina. Essa foi a forma encontrada pela gestão para que de forma democrática, sejam escolhidos os prestadores de serviços que irão participar das atividades culturais”, conta Ênio Portela.

As inscrições para o edital seguem até o próximo dia 02 de dezembro e devem ser feitas na sede da FMC, que funciona das 07h às 13h, na Rua Félix Pacheco nº 1440, Centro/Sul. Todas as dúvidas sobre o processo devem ser consultadas no edital que está disponível no link   DOCUMENTOS), do site cultura.pmt.pi.gov.br.

CLIQUE AQUI E VEJA O EDITAL!

Museu de Arte Sacra Dom Paulo Libório é reaberto para visitação

O Museu Municipal de Arte Sacra Dom Paulo Libório retornou a ser aberto para visitação. Sua abertura oficial aconteceu em uma solenidade que ocorreu durante a manhã desta quinta-feira (18/08) e faz parte da programação que comemora os 169 anos de Teresina.

Fechado desde o início da Pandemia do novo coronavirus, seu retorno é adepto a todos os protocolos de segurança exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como o uso de máscara obrigatório e um limite de 5 pessoas por grupo de visita.

Para a diretora do Museu, Fernanda Fernandes, o retorno das visitas ao espaço é uma forma de proporcionar novamente a quem visita, o acesso a história e a cultura.

“O museu possui um acervo com diversos tipos de peças que vão desde o século XVII até o século XXI proporcionando aos a oportunidade de passear pela história e de desenvolver também atividades educacionais e de pesquisa. Visamos continuar a preservar e promover o patrimônio cultural nas suas mais diversas áreas” contou Fernanda Fernandes, enfatizando que ao longo da quarentena foram realizadas exposições virtuais.

Animado, o gerente de patrimônio histórico cultural da capital, que esteve presente durante a primeira visita ao Museu após sua reabertura, contou sobre a importância dos teresinenses conhecerem sua origem e passado através de visitas a museus como o de Arte Sacra.

“É mais um espaço cultural aberto para o teresinenses, ele é um espaço importante pro nosso presente, que é conhecer o nosso passado, além de ser importante para a questão a religiosidade, venham conhecer!”.

O horário de visitação permitido é de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, retornando as 13h e finalizando às 17h. Nos finais de semana o Museu funcionará somente no sábado das 9h as 12h.

A taxa de visitação é de R$2 e o agendamento pode ser feito através do telefone 3215-7819.