Ao som de Patricia Mellodi, casais dirão o sim em casamento no Parque da Cidadania

Dona de uma voz encantadora e de outros grandes talentos, a cantora Patricia Mellodi é uma das atrações do Casamento Comunitário, que acontecerá neste sábado (7), às 7h30, no Parque da Cidadania, localizado no bairro Cabral, na zona Norte de Teresina. Ao todo, 100 casais deverão dizer o sim na atividade promovida pela Prefeitura Municipal de Teresina, por meio das ações da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

A parte cultural do casamento ficará por conta da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), que, além de Patricia Mellodi, estará disponibilizando a Orquestra de Violões de Teresina e ainda um Duo de Sax. Ênio Portela, presidente da FMC, conta que essa atividade será um momento muito importante para os casais e que por isso a gestão municipal não poderia deixar de abrilhantar a festa com boas atrações musicais.

“Aproveitamos a passagem da cantora Patricia Mellodi pelo Piauí para presentear os casais. Temos certeza que será uma festa linda, ainda mais complementada pelo belo cenário do Parque da Cidadania”, comenta Ênio Portela, reafirmando que a FMC sempre apoiará as demais secretarias em eventos que beneficiem a população da capital.

Para quem deseja acompanhar de perto as ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, acesse o site cultura.pmt.pi.gov.br. Muitas das informações de eventos, cursos e apresentações também estão disponíveis na página @cultura_the no Instagram.

Projeto usa a dança para transformar a vida de mulheres no Grande Dirceu

Para muitas mulheres, passar dos 50 anos significa ficar em casa descansando ou brincando com os netos, mas no Grande Dirceu, na zona Sudeste de Teresina, um projeto desenvolvido pela Prefeitura de Teresina (PMT), por meio das ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), vem transformando a vida delas. O Projeto Dançando com Experiências, que ocorre no Teatro João Paulo II, é voltado apenas para mulheres com idade a partir de 50 anos, onde elas participam de atividades voltadas para a dança e podem interagir e movimentar o corpo, ficando mais ativas no dia a dia.

Para a professora Elizabeth Báttali, o “Dançando com Experiências” tem tido um propósito especial na vida dessas mulheres, já que, segundo ela, muitas delas iniciam nas turmas, são tímidas e sem novas expectativas. Para a professora, algumas delas também acabam se descobrindo, tendo um novo propósito na vida, se tornando mais comunicativas e participativas em diversas atividades.

“Temos no projeto casos de mulheres que já estavam com dificuldades de locomoção, com dores no corpo e outras até com o psicológico abalado por conta de não terem uma rotina produtiva. Aqui trabalhamos para que a dança as façam fugirem de muitos problemas, como, por exemplo, o isolamento social, já que elas acabam se socializando com outras alunas”, conta Elizabeth Báttali, afirmando ainda que as turmas também se apresentam ao público em eventos que ocorrem dentro do teatro e em outras atividades públicas que ocorrem pela cidade, melhorando a autoestima das alunas.

Uma dessas alunas é a aposentada Lúcia Braga, de 65 anos. Ela conta que chegou no projeto com diversos problemas, inclusive alguns provocados pela separação. Para Lúcia Braga, a dança vem transformando a sua vida em vários aspectos, inclusive no fato dela estar mais ativa junto à família e as amigas.

“Estou me sentindo mais leve, consigo até fazer atividades que antes não conseguia, me tornei uma nova mulher, pois encarei minha timidez e inclusive venho fazendo coisas que não fazia na minha juventude, pois nunca me vi dançando em um palco se apresentando para uma plateia”, diz Lúcia Braga.

NOVA TURMA

Parado por conta da pandemia, o projeto será reativado este ano, de acordo com Ênio Portela, presidente da FMC, na próxima segunda-feira (07), o Teatro João Paulo II estará abrindo novas vagas para as mulheres da região do Dirceu que tenham interesse em participar das aulas. O presidente da FMC fala que a gestão municipal tem trabalhado para levar cultura para todos os pontos da cidade, fazendo com que haja uma melhor participação da população nos serviços oferecidos pela fundação.

“Temos trabalhos com jovens que já ocorrem nos bairros, estamos agora fortalecendo esse trabalho com pessoas acima de 50 anos, garantindo o prosseguimento de um pedido do prefeito Dr. Pessoa, de oferecer cultura para todos os moradores de Teresina”, conta Ênio Portela.

O Teatro João Paulo II fica localizado na avenida Joaquim Nelson, S/N, bairro Parque Ideal, na zona Sudeste de Teresina. As inscrições poderão ser feitas de forma presencial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 16h.

Cultura Itinerante encerra com live após percorrer bairros e povoados de Teresina

O Projeto Cultura Itinerante, que iniciou em janeiro deste ano, e que tinha como objetivo oferecer cultura para o povo teresinense, chegou ao seu final após percorrer seis comunidades nas zonas urbana e rural. Nesta edição foram atendidos os bairros Pedra Mole, Macaúba, Mocambinho, Santa Bárbara e ainda os povoados Alegria e Santa Teresa, onde os moradores dessas comunidades tiveram a oportunidade de assistir apresentação de bandas, balés e humor.

A última edição estava prevista para ocorrer na Praça Cultura do Dirceu, porém com conta do decreto que suspende eventos culturais que gerem aglomerações, o evento ocorreu através de uma live, realizada no último sábado (05). A live teve apresentações de Bruna Mel, Toda Boa, Matheus Q!, Priscila, Zé do Ovo, Vini, além do Corpo de Baile do Teatro do Boi.

Para Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o evento foi um sucesso e contou com a aprovação popular por onde passou. O gestor também destacou a importância da emenda parlamentar enviada pelo vereador Luís André, que garantiu a realização do evento.

“Teresina só tem a ganhar com esse tipo de iniciativa, ficamos tristes por ter que suspender as atividades culturais que gerem aglomerações pelos próximos dias, porém já estamos nos preparando para no término do decreto, voltar a percorrer a cidade com as atividades promovidas pela FMC”, conta Ênio Portela, afirmando ainda que o prefeito Dr. Pessoa, quer neste ano, que a pasta da cultura atenda o maior número possível de comunidades.

O Cultura Itinerante é realizado pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e contou com apoio do Instituto de Gestão e Desenvolvimento Social – IGDS. No site da FMC, o cultura.pmt.pi.gov.br, é possível acompanhar por fotos como o Cultura Itinerante deste ano.

FMC realiza hoje atividades em parques de Teresina

Na tarde desta sexta-feira (13), o Parque da Cidadania e o Parque da Cidade, ambos na zona Norte de Teresina, irão receber atividades culturais promovidas pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), através de ações desenvolvidas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). As ações fazem parte da programação do aniversário de Teresina, que no próximo dia 15 celebrará 169 anos de emancipação política.

No Parque da Cidade, às 17h, acontecerá uma aula de dança ministrada por instrutores de dança que compõem o quadro de funcionários da FMC. Já às 18h, o Parque da Cidadania recebe apresentações do Balé da Cidade, Corpo de Baile do Teatro do Boi e ainda a participação de alunos e professores do Projeto Banda Escola.

Segundo Eriton Silva, superintendente executivo da FMC, até o final deste mês de agosto, a fundação estará promovendo diversas atividades culturais nas mais diversas regiões da capital, oferecendo à população acesso gratuito à cultura.

O superintendente lembra ainda que, apesar dos números positivos na diminuição nos casos de Covid-19, muitas dessas atividades irão ocorrer sem aviso prévio ou sem gerar grande aglomeração.

“Por conta da pandemia, ainda não podemos realizar grandes eventos, porém para não deixar essa data tão importante passar em branco, a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves preparou dezenas de atividades que não geram aglomeração, tudo seguindo as recomendações sanitárias dos órgãos de saúde”, afirma Eriton Silva, enfatizando ainda que tão logo ocorra a imunização completa de todos os munícipes, a gestão municipal irá retornar com o calendário cultural do município.

A programação diária das atividades culturais realizadas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves durante a programação de aniversário de Teresina pode ser acessada nas redes sociais da FMC ou no site cultura.teresina.pi.gov.br.