Teresinenses buscaram Arena do Povo para assistir a Seleção Brasileira contra a Croácia

Em um jogo tenso, onde a Seleção Brasileira teve muito trabalho para colocar a bola no gol da Croácia, faltaram unhas para os torcedores que acompanhavam a partida na Arena do Povo, instalada no Complexo Turístico da Ponte Estaiada, no bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina. O Brasil até reagiu e chegou a vencer a partida durante os acréscimos da prorrogação, mas logo os adversários empataram e nos pênaltis, conseguiram tirar os brasileiros da Copa do Mundo do Catar, deixando milhões de torcedores tristes, que mais uma vez viram a seleção sofrer uma derrota no mundial.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, disse que a Arena do Povo foi um espaço democrático, pensado pela gestão municipal para atender os teresinenses que queriam assistir aos jogos em um local com uma grande estrutura. O gestor afirmou que ao receber as demandas dos torcedores, de imediato o prefeito Dr. Pessoa tomou as providências para que fosse montado o espaço na Ponte Estaiada.

“Colocamos aqui um grande telão, estrutura de som, tendas, mesas, cadeiras, banheiros e ainda atrações musicais, tudo para comemorar o desempenho da Seleção Brasileira de Futebol, porém começamos a Copa bem, e agora nosso time deu adeus ao sonho do Hexa. Gostaria de agradecer a todos os torcedores que compareceram a Arena, foi uma festa bonita, os teresinenses estão de parabéns”, diz Ênio Portela, que aproveitou para agradecer ao apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar do Piauí, que estiveram na arena contribuindo com a segurança dos torcedores.

O torcedor Márcio Barros parabenizou a Prefeitura Municipal de Teresina pela estrutura montada na Ponte Estaiada, principalmente pelo enorme telão, que segundo ele, proporcionou aos torcedores acompanharem melhor os lances. Triste pelo resultado onde o Brasil foi eliminado, Márcio Barros conta que são coisas do futebol e que agora resta ao time brasileiro se preparar para a próxima Copa do Mundo.

“Muito bom ver que nossa cidade teve um espaço gratuito para que nós pudéssemos acompanhar as partidas. Espero que nas próximas copas voltemos a ter um espaço assim, onde possamos vir com nossas familias”, diz Márcio Barros.

A Arena do Povo foi uma promoção da Prefeitura Municipal de Teresina, através de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Comunicação e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. A mesma funcionava em todas as partidas na qual a Seleção Brasileira disputava o sexto título mundial na Copa do Mundo do Catar.

Arena do Povo: grupo de pagode irá animar torcedores na Ponte Estaiada nesta segunda (05)

A Seleção Brasileira terminou a primeira fase da Copa do Mundo perdendo para a Seleção de Camarões por 1×0, apesar de chegar à partida já classificado para às oitavas de finais, o resultado da última sexta-feira (02), não agradou em nada os torcedores que acompanharam a partida na Arena do Povo, instalada no estacionamento do Complexo Turístico Mirante da Ponte Estaiada, localizado no bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina. Apesar do resultado, no final da partida, os torcedores teresinenses caíram na folia ao som do forrozeiro Marquinhos Pajeú, que usando a sua inseparável sanfona, tirou o semblante de tristeza daqueles que esperavam mais uma vitória brasileira na competição mundial, na qual o time busca o seu sexto título.

O secretário Lucas Pereira, da Secretaria Municipal de Comunicação Social, destacou que apesar do último resultado, ele segue otimista quanto ao sucesso da Seleção Brasileira de Futebol, e garantiu a continuidade da Arena do Povo, caso os brasileiros se classifiquem nas próximas etapas da copa. Para o secretário, a criação deste espaço esportivo e cultural, foi importante para que os teresinenses pudessem assistir às partidas em um local gratuito e seguro, e ainda com uma grande estrutura. Ele também destaca que a arena vem proporcionando renda para empreendedores locais, que aproveitaram a movimentação do espaço para comercializar diversos produtos, gerando renda para suas famílias.

“O prefeito Dr. Pessoa tem essa preocupação com o povo, ele sempre vem cobrando das pastas, atividades que beneficiem diretamente o povo, principalmente aqueles que mais precisam de atenção do poder público. Aqui na Ponte Estaiada, criamos esse espaço para que as famílias teresinenses pudessem acompanhar os jogos, e tudo vem dando certo, pois a cada partida, temos aumentado o número de cadeiras e mesas e sempre fica gente em pé, comprovando que o público aprovou a iniciativa da Prefeitura Municipal de Teresina”, comenta Lucas Pereira.

Ao lado do marido e dos filhos de quatro e seis anos, a vendedora Luiza Martins, que mora no Residencial Teresina Sul, e que trabalha nas proximidades da Arena do Povo, conta que tem se esforçado para acompanhar as partidas do time brasileiro ao lado da família, e que sem esse espaço, ficaria quase inviável a assistir às partidas por completo. Luiza também aproveitou para parabenizar a gestão municipal pela iniciativa, pois segundo ela, a maioria da população gosta de assistir futebol em grandes telões, mas que nem todos têm condições de ir para churrascarias e bares, que de acordo com ela fica fora do orçamento de muito.

“Aqui é arejado, podemos assistir à partida mantendo o distanciamento social, além do mais, as crianças que vivem em um espaço pequeno, podem desfrutar do parque ecológico que existe aqui, e até mesmo brincar com outras crianças. Essa foi a terceira vez que assisti aos jogos aqui, e com toda certeza, se o Brasil seguir ganhando, continuarei vindo com minha família”, disse Luiza Martins, dizendo ainda que quem procura um ambiente saudável para acompanhar a copa, a Arena do Povo é uma ótima opção.

Brasil X Coreia do Sul

Na próxima segunda-feira (05/12), às 16h,a Seleção Brasileira volta a entrar em campo, desta vez contra a Seleção Sul Coreana de Futebol, isso em um jogo que deverá ser de muita emoção, pois nesta etapa, quem perder, deixa a copa. Para animar os torcedores, a Arena do Povo terá um show de pagode com Jean Nogueira, que fará um esquenta a partir das 15h, voltando a se apresentar no intervalo e no final da partida.

A Arena do Povo é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Teresina, por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Comunicação Social e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, e ainda com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar do Piauí. As informações sobre a Arena do Povo podem ser consultadas através do site cultura.pmt.pi.gov.br ou na página cultura_the no Instagram.

Moto Teresina segue até domingo na Ponte Estaiada

Inicia nesta sexta-feira (16), e segue até próximo domingo (17), o Moto Teresina 2022, evento gratuito que é realizado pelo Grupo de Motociclistas de Teresina e com apoio da Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves no Complexo Cultural Mirante da Ponte Estaiada, localizado no bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina. Durante os três dias ocorrerão diversas atividades, inclusive culturais com a apresentação de diversas bandas locais e ainda com a participação de motoqueiros de vários estados do Brasil.

Este ano o Moto Teresina chega a sua 12ª edição, sempre contando com um grande público amante de motocicletas. De acordo com Eriton Silva, superintendente executivo da FMC, o Moto Teresina tem uma grande importância cultural para a cidade e por conta da pandemia, este ano ocorrerá em um local privado para que os organizadores possam trabalhar de forma eficiente as medidas de distanciamento.

“No ano passado, o evento foi um sucesso, por isso acreditamos que nesta edição, mais pessoas compareçam à Ponte Estaiada para prestigiar o Moto Teresina, evento que já faz parte do calendário cultural de Teresina”, conta Eriton Silva.

Fabricio Amaral é motociclista e um dos organizadores do Moto Teresina, para ele o evento é um momento de confraternização para os motociclistas, já que os parceiros locais irão se reunir com amigos vindos de diversos estados brasileiros. Ele enfatiza ainda que o evento é gratuito e aberto para motociclistas e admiradores.

“Elaboramos uma ampla programação, que vai desde uma feira de negócios, como também uma ampla praça de alimentação, espaço camping e a parte cultural, tudo para tornar o evento completo. Eu também agradeço ao poder público municipal por mais uma vez está dando esse apoio, pois nosso movimento vem ganhando força e novos adeptos”, comenta Fabrício Amaral.

Para mais informações sobre o Moto Teresina, bem como as demais atividades realizadas pela Prefeitura Municipal de Teresina e pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br. As informações também podem ser obtidas através da página cultura_the no Instagram.

Cerca de cinco mil pessoas participaram da festa dos 170 anos de Teresina

O Complexo Cultural Mirante da Ponte Estaiada, localizado na zona Leste da capital, ficou pequeno para tanta gente que compareceu ao espaço para comemorar a chegada dos 170 anos de Teresina. O evento contou com shows das atrações teresinenses, Gui Dias, TopGun, Váliduaté, Doce Ilusão e finalizado com Lilly Araújo, que ao som do forró encerrou as festividades com chave de ouro.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, disse que durante quatro dias a cidade respirou cultura de qualidade com atrações genuinamente piauienses. Ele lembrou ainda do compromisso da gestão municipal em valorizar ainda mais os movimentos culturais, movimentos que segundo ele, são os principais responsáveis pela sobrevivência da cultura de Teresina.

“O que a gente viu nesses quatro dias de festa, foi algo fantástico, uma atividade segura, e o principal, com o povo abraçando os artistas da terra. Teresina celebra seus 170 anos valorizando os artistas, valorizando o que temos de melhor na nossa cultura”, comenta Ênio Portela, enfatizando que na última noite de festividades, Cerca de cinco mil pessoas passaram pelo complexo cultural.

Teresinense de coração, o cantor “Bola”, do Grupo Doce Ilusão, afirmou que ficou emocionado quando recebeu a notícia de que iria se apresentar no aniversário da capital piauiense. Bola destacou que o povo de Teresina lhe recebeu muito bem, e por isso, nestes 14 anos morando na cidade, ele faz questão de dizer que já é teresinense.

“É impossível não amar uma cidade como Teresina. A todos que nasceram, ou que escolheram viver aqui, o meu parabéns. Como me sinto filho desta terra, terei sempre orgulho em levar seu nome por todos os lugares onde irei passar”, diz o cantor Bola.

O jovem Bruno Batista, parabenizou à Prefeitura Municipal de Teresina por ter tido o cuidado de realizar um evento apenas com artistas locais, ele comenta que muitos gestores preferem atrações de fora, fato que segundo ele, acaba prejudicando a cultura. Bruno ficou encantado com o talento de algumas atrações que passaram pela Ponte Estaiada.

“Bom chegar em um espaço grande e ver lotado de pessoas em busca de cultura piauiense, teresinense. nossa cidade está de parabéns, pois acredito que é através da cultura que podemos combater tantos problemas, a exemplo da insegurança pública”, diz Bruno Batista.

Os eventos culturais que marcaram a chegada dos 170 anos da capital piauiense, foram realizados pela Prefeitura Municipal de Teresina, por meio das ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. Para acompanhar a programação cultural, bem como os cursos na área da cultura, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br ou seguir a página cultura_the no Instagram.

Cajuína Pop reúne multidão em última noite, na ponte Estaiada

Durante dois dias do Festival Cajuína Pop, realizado neste final de semana na Ponte Estaiada, os teresinenses puderam acompanhar de perto o trabalho de bandas que vem se destacando no cenário local com suas músicas autorias. Ao todo, 14 atrações musicais subiram no Palco Churo, uma homenagem ao empreendedor Churu, que em vida se destacou por gerar oportunidades para inúmeros novos talentos do rock e do Pop que precisavam de espaço para divulgar suas canções.

Entre as atrações desta edição do Cajuína Pop estiveram Jamile Jah, Deepmoon, Narcoliricista, Preto Kedé, Fullreggae, Banda Acesso, Roque Moreira, Navegantes e as Águas De Ynaê, Monise Borges, Radiofônicos, Corona Nimbus, Teófilo Lima, Megahertz e Alma Roots, todas com estilos diferenciados, mas que conseguiram prender a atenção do público presente. Todas as atrações foram selecionadas através de um edital, onde todos os artistas piauienses que trabalham com música autoral, tiveram a oportunidade de se inscrever e participar da seleção do festival de igual para igual.

Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, era só alegria por conta do sucesso do festival, para ele a Prefeitura de Teresina vem acertando ao ouvir a classe artística e o povo de maneira geral, fazendo com que a cada evento, aumente o público e por sua vez a visibilidade aos artistas. O presidente da pasta da cultura lembra ainda que por conta do momento pandêmico, os recursos estão limitados, mas garantiu que até o final deste ano a cidade vai respirar cultura com mais frequência.

“O prefeito Dr. Pessoa é muito sensível à cultura, por isso ele mesmo vem cobrando a elaboração de projetos, principalmente o que sempre tenha como principal objetivo a valorização do artista local. Sobre o Cajuína, estou muito feliz, pois o evento comprovou que o teresinense vem mudando e que agora os artistas autorais vêm se destacando com mais frequência, por isso pretendemos realizar outros festivais a exemplo deste, para que mais músicos sejam incluídos”, comenta Ênio Portela, enfatizando ainda que a gestão municipal também está elaborando novos projetos que beneficiem outros segmentos da cultura.

O músico Henrique Douglas falou sobre a importância de se valorizar a classe artística local e parabenizou a gestão municipal por sempre está dando esse apoio aos músicos de Teresina. Ainda de acordo com músico, espaços como o criado no Cajuína Pop, onde a estrutura seguiu um padrão nacional, faz com que os músicos tenham mais ânimos e não desistam dos seus sonhos e de lutar pela cultura.

“Cuidar de outros setores é melhorar a vida do cidadão pagador de impostos também é de extrema importância, porém muitos pecam deixar a cultura em segundo plano. Para nós músicos, a Prefeitura de Teresina e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, vem fazendo a diferença, pois estamos vendo muitos eventos e isso movimenta a economia, nos engrandece como profissionais e claro, acaba sendo uma vitrine para o nascimento de novos músicos”, diz Henrique Douglas.

O Cajuína Pop foi realizado pela Prefeitura Municipal De Teresina, por meio das ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e contou com o apoio da Guarda Municipal de Teresina, Secretaria Municipal de Comunicação, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo e da Polícia Militar do Piauí.

Primeira noite do Cajuína Pop reúne público na Ponte Estaiada

Como parte da programação cultural do aniversário de 170 anos de Teresina, aconteceu nessa sexta (12), a primeira noite do Festival Cajuína Pop, evento que reúne bandas autorais locais e que acontece de forma gratuita, no Complexo Cultural da Ponte Estaida.

No primeiro dia, sete bandas se apresentaram no Palco Churu, reunindo um público considerável, mostrando que o teresinense está apto a valorizar cada vez mais o artista que tem trabalho autoral.

Prefeito Dr. Pessoa, presidente da FMC Ênio Portela, Preto Kedé e funcionários da FMC / fotos: Ascom FMC

O Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, compareceu ao evento, assistiu as apresentações e conversando com o público, ele afirmou que apesar dos recursos ainda escassos, a gestão municipal está se preparando para reforçar ainda o apoio aos artistas locais. Dr. Pessoa falou ainda que eventos culturais movimentam a economia da cidade, ajudando principalmente o cidadão empreendedor que aproveita essas atividades para levar o sustento para sua família.

“Tenho recebido muitos elogios por conta da atuação da pasta da cultura, elogios que não estão vindo só dos artistas ou público que assiste essas apresentações, eles vêm e muito, dos chefes de famílias que em eventos como esse, vendem alimentos, bebidas, artesanato, entre outros. Esse é o objetivo da nossa gestão, trabalhar pelo povo, por isso Teresina pode esperar por mais eventos como os que vêm ocorrendo nos espaços públicos espalhados por toda a cidade”, afirma Dr. Pessoa.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, falou sobre o crescimento profissional dos artistas que trabalham com música na cidade. Para ele, esse investimento feito pelo poder público, é fundamental para que a classe artística continue trilhando pelo caminho certo, sem precisar deixar a sua terra natal para viver de cultura.

“A gestão do prefeito Dr. Pessoa vem tendo esse cuidado de sempre está valorizando os artistas locais, e à população tem recebido muito bem esse diferencial da Prefeitura de Teresina e a prova disso é que esses eventos sempre contam com um bom público. Vamos continuar assim, oferecendo cultura para todos, sempre ouvindo o povo, pois acreditamos que não se faz cultura sem ouvir a classe artística e à população”, comenta Ênio Portela.

O musicista Narcoliricista, da Banda Narcoliricista, falou sobre os investimentos que a cidade vem fazendo para incentivar a classe artística, para ele é fundamental que ocorram a continuidade dessas ações culturais, pois elas geram apoio aos músicos e também à população que é carente de opções culturais.

“É muito importante que o som daqui esteja sempre em evidência, o Cajuína Pop é mais um passo dado à valorização dos músicos, por isso estamos aqui fazendo nossa parte em pró da música teresinense”, conta Narcoliricista.

A artista plástica Fátima Castelo Branco esteve na primeira noite do evento, ela conta que vem notando um aumento dos investimentos na área da cultura, fato que segundo ela, coloca a capital piauiense entre as cidades com opções saudáveis de cultura. Ela comenta ainda que esses festivais são pratos cheios para transformar a mentalidade do público teresinense que foi criado com a cultura de apenas valorizar o que vinha de fora.

“Recentemente estive no Estado do Ceará, lá assisti um festival de choro, porém ao chegar aqui, também tínhamos um gratuito. Hoje mais um festival, dessa vez unindo novos e talentos já conhecidos, isso é bom, quem ganha somos todos nós”, comenta Fátima Castelo Branco.

Na noite de ontem subiram ao palco, Jamile Jah, Deepmoon, Narcoliricista, Preto Kedé, Fullreggae, Banda Acesso e Roque Moreira. Neste sábado (13/08), é a vez da Navegantes e as Águas De Ynaê, Monise Borges, Radiofônicos, Corona Nimbus, Teófilo Lima, Megahertz e Alma Roots.

Festival Cajuína Pop inicia nesta sexta (12) com sete atrações na Ponte Estaiada

Inicia hoje (12), a partir das 18h, a primeira edição do Festival Cajuína Pop, evento com acesso gratuito e que tem como principal objetivo a valorização do músico teresinense que trabalha com músicas de composição autoral. Neste primeiro dia, sete atrações subirão ao palco montado no estacionamento do Complexo Cultural da Ponte Estaiada, que fica localizado na avenida Raul Lopes, no bairro de Fátima, zona Leste de Teresina.

Essa é a primeira edição do festival, o mesmo nasceu da iniciativa da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) e Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), que nessa atual gestão vem sempre trabalhando no sentido de valorizar os artistas locais que, precisam de espaço para divulgarem seus trabalhos. As 14 atrações que irão se apresentar no Cajuína Pop foram escolhidas, por meio de um edital público, onde todas as bandas e cantores solos do município puderam participar do processo.

De acordo com Ênio Portela, presidente da FMC, esse é apenas um dos muitos festivais que serão realizados na capital, segundo ele, técnicos da pasta da cultura já estão trabalhando em projetos que garantam atender mais artistas da música. O presidente fala ainda que o Cajuína Pop está sendo bem aceito pela população e pela classe artística, pois é o primeiro grande evento realizado pela gestão municipal, após o momento mais crítico da pandemia do coronavírus.

“Foram praticamente dois anos sem grandes eventos na capital, os músicos foram os mais afetados, na prática, foram os primeiros a terem suas atividades paralisadas e os últimos a poderem voltar a trabalhar. Esse festival tem esse gostinho de retorno, por isso acreditamos que durante esses dois dias o Complexo Cultural da Ponte Estaiada receba um grande público”, comenta Ênio Portela, enfatizando que o apoio do prefeito Dr. Pessoa foi fundamental para a realização do festival.

PROGRAMAÇÃO DE HOJE 12/08

Jamile Jah
Deepmoon
Narcoliricista
Preto Kedé
Fullreggae
Banda Acesso
Roque Moreira

PROGRAMAÇÃO DE SÁBADO 13/08

Navegantes e as Águas De Ynaê
Monise Borges
Radiofônicos
Corona Nimbus
Teófilo Lima
Megahertz
Alma Roots

Para mais informações sobre o Festival Cajuína Pop, bem como as demais atividades realizadas pela Prefeitura Municipal de Teresina na área da cultura, basta acessar o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o www.cultura.pmt.pi.gov.br. As informações também estão disponíveis na página Cultura_the no Instagram e nas demais redes por meio da hashtag #culturateresina.

Aniversário de Teresina será comemorado na Ponte Estaiada com várias atrações

Foto: Divulgação (FMC)

A capital piauiense está completando 170 anos de emancipação política, e para celebrar essa data, a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), estará realizando dois dias de atividades culturais no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, que fica localizado no bairro de Fátima, na zona Leste da cidade. O evento em alusão ao Aniversário de Teresina será gratuito e ocorrerá no domingo (14) e na segunda-feira (15), a partir das 19h, tendo nove atrações musicais e ainda feira de empreendedorismo, pintura de rosto infantil e uma ampla praça de alimentação com a comercialização de bebidas e comidas.

Para o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, esse é um momento de comemoração, pois com a diminuição de casos de Covid-19, a gestão municipal está podendo retomar as atividades culturais, principalmente em datas especiais como a do aniversário da cidade. Ele conta ainda que ao longo destes dois anos de novo governo, várias ações foram tomadas a fim de melhorar a vida dos teresinenses, principalmente daqueles que moram na periferia e que antes não contavam com o apoio do poder público.

“Temos novas obras espalhadas por toda a cidade, mas também estamos tendo a responsabilidade dar andamento a obras que haviam sido paralisadas na gestão passada sem respeitar os cidadãos. Sou ciente de todos os problemas que incomodam e tiram o sossego do povo, porém nossa equipe de secretários e técnicos estão nas ruas diuturnamente trabalhando para buscar soluções, isso sempre ouvindo a população, pois não se faz gestão pública sem ouvir o povo”, comenta o prefeito Dr. Pessoa, que aproveitou a oportunidade para convidar a população a participar das atividades culturais em alusão ao aniversário da cidade.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, enfatiza que na parte da cultura, a cidade também tem muito a comemorar, pois houve a descentralização das atividades, e os serviços foram oferecidos de forma igualitária, dando oportunidade para todos os teresinenses. Ainda de acordo com Ênio Portela, houve uma grande aproximação da gestão municipal com os artistas da cidade, isso segundo ele, por conta da grande quantidade de eventos que cada vez mais valoriza quem faz arte na capital.

“Nunca na história dessa cidade houve tamanha aproximação da pasta da cultura com os artistas e com as comunidades. Estamos sempre ouvindo o povo e o prefeito Dr. Pessoa, estamos levando à cultura para todos os cantos da cidade”, afirma Ênio Portela, enfatizando ainda que em todos esses eventos, a pasta da cultura teve o cuidado de trabalhar a parte solidária, recebendo alimentos, roupas e brinquedos que são distribuídos para as famílias carentes.

Confira as atrações do Aniversário de Teresina

Domingo 19/08 – 19h00
ORQUESTRA SANFÔNICA
ORQUESTRA SINFÔNICA
BANDA 16 DE AGOSTO
ORQUESTRA DE VIOLÃO

Segunda-feira 15/08 – 19h00
GIU DIAS
TOP GUN
VALIDUATÉ
DOCE ILUSÃO
LILLY ARAÚJO

Para mais informações sobre os eventos culturais, bem como as demais atividades realizadas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br. Nas redes sociais as informações podem ser obtidas na página @cultura_the no Instagram ou por meio da hashtag #culturateresina.

FMC divulga resultado parcial do Edital Cajuína Pop

A Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) divulgou o resultado preliminar do edital para a seleção de bandas ou cantores solos autorais que irão se apresentar no Festival Cajuína Pop. Para conferir, basta acessar o site do órgão. O Festival Cajuína Pop ocorrerá nos dias 12 e 13 de agosto, no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, na zona Leste de Teresina. Ao todo, 14 das 32 atrações devidamente inscritas dentro do prazo estipulado, foram selecionadas de acordo com as regras dispostas no edital.

De acordo com Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, a ideia do festival é oferecer espaço para que os artistas locais possam divulgar seus trabalhos de uma forma que gere retorno para suas carreiras. O presidente lembra que o festival contará com uma grande estrutura, lembrando os grandes festivais realizados pelo Brasil afora.

“Como venho sempre enfatizando, o prefeito Dr. Pessoa está sempre nos procurando para que continuemos com a valorização do artista da terra, por isso tivemos essa iniciativa de oferecer ao público e aos músicos esse festival com músicas autorais. Além das atrações, o espaço contará com praça de alimentação e ainda feira de empreendedorismo, valorizando também os nossos empreendedores e empreendedoras, que tanto contribuem com a economia da cidade”, conta Ênio Portela.

O resultado divulgado hoje é parcial, cabe recurso, no qual está à disposição dos interessados nos dias 28 e 29, sendo o resultado final sendo divulgado no próximo dia 1 de agosto. O resultado preliminar está à disposição dos interessados no site cultura.pmt.pi.gov.br, na aba documentos e ainda na bio da página @cultura_the no Instagram.

Eventos reuniram amantes do rock na Ponte Estaiada

O Complexo Cultural da Ponte Estaiada, que fica localizado no bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina, recebeu no último final de semana, dois eventos que celebraram na capital piauiense a Semana Mundial do Rock. Um dos eventos foi o Metal Solidário, que além de oferecer espaço para os músicos e atrações para o público, vem há sete anos trabalhando o lado social, ajudando famílias carentes e instituições de caridade.

Outro evento realizado foi o Rock na Ponte, que a partir de agora irá fazer parte do calendário cultural do município, isso por conta da aceitação do público que lotou o espaço no dia do evento. A animação ficou por conta das bandas Anno Zero, Carniçais, Megahertz, Corona Nimbus, Narguile Hidromecanico, Radiofônicos, Deepmon, General Lee, Rebordosa e Made in Seattle.

Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, conta que Teresina tem um grande público amante do rock e que por isso a gestão não poderia passar essa data sem uma celebração. O presidente diz ainda que para o próximo ano a ideia é fazer algo bem maior ainda, oferecendo mais oportunidades para os artistas e público.

“Fazemos uma gestão cultural sempre ouvindo o povo, por isso estamos nos preparando para que no próximo ano a gente consiga atender à solicitação do público que compareceu ao evento. Além disso, também iremos focar em outros festivais, a exemplo do Cajuína Pop que acontecerá no segundo semestre deste ano”, conta Ênio Portela.

O músico Henrique Douglas diz que a Prefeitura de Teresina está acertando ao realizar esse tipo de evento, pois segundo ele, atividades como essa realizada na Ponte Estaiada, valoriza o artista local que tanto precisa de oportunidades para apresentarem seus trabalhos. Henrique afirma ainda que esses dois dias de evento serviu para aproximar ainda mais o público e os artistas, já que segundo ele, durante a pandemia, o contato passou a ser apenas de forma virtual.

“Estamos saindo de uma pandemia que muito afetou a classe artística, por isso ficamos gratos por esse tipo de oportunidade. Poder voltar a está perto do público é bem gratificante, por isso estamos confiantes que nessa gestão, a pasta da cultura siga com seu novo propósito de oferecer cultura para todos os públicos de forma a agraciar todos os segmentos”, diz Henrique Douglas.

Para mais informações sobre agenda de eventos realizados pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, bem como cursos e projetos, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br. Nas redes sociais as informações podem ser acessadas na página cultura_the no Instagram.