Projeto Balé da Cidade Convida inicia nesta sexta (01/07) no Teatro João Paulo II

Nesta sexta-feira (01/07), a companhia de dança Balé da Cidade de Teresina recebe o Corpo de Baile do Teatro do Boi para a primeira apresentação do projeto Balé da Cidade Convida. A apresentação é gratuita e acontece às 19h, no Teatro João Paulo II, que fica localizado na região do grande Dirceu, zona Sudeste de Teresina.

De acordo com Chica Silva, diretora do balé, o projeto Balé da Cidade Convida, tem objetivo de apresentar os repertórios da companhia e também dialogar com diferentes grupos e artistas da cidade, criando contextos de apresentação, de troca entre os grupos e trabalhando também a formação de público e democratização do acesso à cultura. Nesta primeira apresentação, a companhia apresentará o espetáculo “Corpônica”, criação do coreógrafo e dançarino Samuel Alvís, já o Corpo de Baile do Teatro do Boi traz seu espetáculo “Na beira do rio”, coreografia de Matheus dos Santos e Cynthia Layana.

Corpo de Baile do Teatro do Boi

“Esse projeto é uma forma de criar diálogos com outros artistas da dança e levando isso para o público. Entendemos que, desta forma, podemos estimular a aproximação entre os públicos e levar a dança para mais gente”, explica Chica Silva.

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia de dança mantida com recursos da Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. Os trabalhos da companhia podem ser acompanhados através do site cultura.pmt.pi.gov.br ou da página cultura_the no Instagram.

Prefeitura de Teresina abre 200 vagas para cursos na área da dança

Dançar sem medo, ou se tornar um profissional da dança é o sonho de muitos e a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), através das ações desenvolvidas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), estará iniciando nesta segunda-feira (27), as inscrições para 200 vagas na área da dança.

As vagas serão oferecidas para os turnos manhã, tarde e noite, sendo todas as aulas oferecidas no Teatro do Boi, que fica localizado no bairro Matadouro, na zona Norte da capital.

Fotos: Ascom FMC

Os cursos serão voltados preferencialmente para os moradores da região Norte, atendendo ao público de 04 a 80 anos, isso, dependendo da categoria escolhida pela pessoa interessada em aproveitar uma das oportunidades. Serão oferecidos cursos de balé clássico, danças folclóricas, jazz e ainda cursos de danças contemporâneas, populares e melhor idade, todos ministrados por profissionais renomados e com larga experiência na capacitação de crianças, jovens e adultos.

De acordo com Kelly Lustosa, coordenadora de dança da FMC, durante a pandemia, todos esses cursos vinham sendo ofertados de maneira remota e que agora com a diminuição das restrições sanitárias, as aulas voltam a ser presencial, oferecendo a pessoa interessada uma melhor qualidade de ensino. Ela explica ainda que para participar, o interessado deverá pagar uma taxa única no valor de R$30 reais e que em casos em que a pessoa não possua renda, ela será isenta, mediante a comprovação de inscrição no Cadúnico atualizado junto ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

“Estes cursos têm como objetivo, proporcionar condições para o desenvolvimento da criatividade dos alunos(as), promovendo o desenvolvimento das suas habilidades na linguagem corporal, na percepção e na imaginação. Eles(as) estudarão técnicas artísticas de criação e composição coreográfica, permitindo criações e a manifestação do potencial artístico da dança”, explica Kelly Lustosa.

Segundo Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, essa é apenas a primeira etapa de ofertas de cursos oferecidos para a população na área da dança. Ela afirma que nos próximos dias, outros cursos também serão oferecidos para quem mora na região do Grande Dirceu, na zona Sudeste de Teresina, onde fica o Teatro João Paulo II, bem como na região do Portal da Alegria, na zona Sul e da Grande Santa Maria da Codipi, na zona Norte.

“Esses cursos estão sendo retomados a pedido do prefeito Dr. Pessoa, que ao ouvir a população, tem recebido muitas demandas neste sentido, por isso estamos reabrindo essas ofertas de cursos populares para que mais teresinenses tenham as mesmas oportunidades de educação na área da dança. Essa formação inicial é o pontapé inicial para que a cidade ganhe novos profissionais e quem sabe no futuro breve, veremos esses talentos em grandes companhias, como por exemplo no premiadíssimo Balé da Cidade de Teresina”, comenta Ênio Portela, reafirmando ainda o compromisso da atual gestão com a manutenção da nossa cultura, sempre oferecendo opções que atendam todas as classes sociais.

COMO SE MATRICULAR?

As inscrições ocorrerão a partir desta segunda-feira, 27 de junho, das 08h às 11h e das 14 às 17h, no Teatro do Boi, o mesmo fica situado na Rua Rui Barbosa, n° 330, bairro Matadouro (zona Norte). As pessoas devem comparecer de forma presencial munidos de RG, CPF e comprovante de residência.

COMO SABER SOBRE NOVAS VAGAS?

Para ficar sempre atualizado sobre a disponibilidade de novas vagas de cursos na área da cultura, os interessados devem acessar diariamente o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves que é o cultura.pmt.pi.gov.br. Nas redes sociais as informações também poderão ser obtidas pelo Facebook ou na página cultura_the no Instagram.

Teatro João Paulo II recebe espetáculo de dança baseado em livro de Clarice Lispector

O espetáculo Quase Verdade, que é baseado no livro de Clarice Lispector, com adaptação do teresinense Luís Carlos Vale e suporte técnico de Michelle Soussí, acontecerá gratuitamente às 17hdo próximo domingo (29/05), no Teatro João Paulo II. O mesmo é uma apresentação da Cia. Equilíbrio, em parceria com a Organização e o Espaço Artístico Ponto de Equilíbrio e tem como objetivo oferecer opções de cultura para a população de Teresina.

O espetáculo Quase Verdade, conta a história do cachorro Ulisses e de sua dona, Clarice, e propõe questões simples e complexas, e torna deslizantes os conceitos de real e ficção, de mentira e verdade. Nessa história latida para Clarice, a narrativa é pontuada pelo canto de um passarinho, recurso que abre espaço para a fantasia.

De acordo com Luís Carlos, a trama, que atinge foros de alegoria, gira em torno de uma figueira invejosa, que se empenha em escravizar as galinhas para obter lucro. Ele fala ainda que assim, com a ajuda de uma bruxa, a árvore acende-se durante a noite, levando as galinhas a pensarem que é dia, e, enganadas, botarem ovos.

“Há sempre espaço para a rebelião: as galinhas passam a se instalar nos galhos da figueira, e de lá botam os ovos, que se quebram. Ao fim, a figueira perde o auxílio da bruxa e suas luzes se apagam. E a paz volta a reinar no galinheiro”, comenta Luís Carlos.

O Teatro João Paulo II é uma casa de espetáculos que também atua na formação de novos artistas, dando mais oportunidade para jovens da periferia da cidade. O teatro está localizado na Avenida Joaquim Nelson, no bairro Parque Ideal, na zona Sudeste de Teresina, e é um espaço mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina.

Para mais informações sobre cursos e espetáculos, bem como as demais ações que ocorrem no Teatro João Paulo II, basta acessar o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o cultura.pmt.pi.gov.br, ou seguir a página @cultura_the no Instagram.

Ficha Técnica do espetáculo

Obra: Clarice Lispector. Adaptação, Direção e Coreografias: Luís Carlos Vale e Michelle Soussí, Direção de Elenco: Michelle Soussí. Elenco: Thaís Neres – Cachorro Ulisses; Maria Miriam – Oniria;
Denílson Gomes – Onofre; Jéssica Pissika – Figueira; Jhussyelle Reis – Nuvem Oxelia; Michelle Soussí – Galinha Odissea Jerson Costa – Galo Ovidio, Sâmya Kallyne e Luellen Victória – Galinhas. Produção Executiva: W. Salmito. Assessoria de Comunicação: Dinha

Melo. Fotografia: Ricardo Ramires. Gravação e Edição: Rircardo Torres. Trilha Sonora: Gerson Madeira. Figurinos: Aureni Oliveira (Loja Figurinos e Fantasias). Costureiras: Lina Rosa. Confecções do Fantoches: Dejane Santos. Narradora: Leandro Harias.

Nova temporada do Projeto Balé da Cidade NA Cidade inicia no próximo dia 15

Uma nova temporada do Projeto Balé da Cidade NA Cidade inicia no próximo dia 15 de setembro. O projeto surgiu em comemoração aos 28 anos da companhia, levando a dança para diversas comunidades da cidade. O Projeto Balé da Cidade NA Cidade são acontecimentos performáticos que têm como ponto de partida espetáculos do Balé e se desmembraram em novas ações pelas paisagens de Teresina.

De acordo com Chica Silva, diretora da companhia, na segunda temporada, os bailarinos irão revisitar os locais de sua primeira performance trazendo as propostas atualizadas e também convidando outros artistas da companhia: os acontecimentos individuais, agora podem acontecer com até três pessoas.

“Por conta da pandemia do coronavírus, essa foi a forma de aproximar o Balé da Cidade do público de forma segura. Na primeira temporada transmitimos diariamente nossas performances pelo nosso Instagram, dessa vez serão duas apresentações semanais que irão estrear no nosso canal no YouTube”, explica Chica Silva.

As apresentações ocorrerão sempre às 20hs, nas quartas e sextas-feiras. Para assistir basta seguir a companhia na rede social ou se inscrever através do link https://www.youtube.com/channel/UCJZ_LzwGcejVwGH6lsRO2ng.

Ao todo serão 15 apresentações que ocorrerão até o próximo dia 10 de novembro.

SOBRE A COMPANHIA

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 28 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e difusão da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação em diferentes ações, como temporadas de apresentações, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 integrantes e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, através da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, por meio de contrato de gestão com a AABCT, Organização Social de Utilidade Pública Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina. Tem direção geral de Chica Silva, coordenação artística de Janaína Lobo, aulas de Samuel Alvís e ensaios de José Nascimento.

Projeto Dançando nas Férias abre vagas para oficinas de dança

A Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), irá realizar a primeira edição do projeto Dançando nas Férias. O projeto surge dando início a uma nova jornada no intuito de fortalecer, aprimorar e estimular as práticas de dança na capital.

A primeira edição disponibilizará à cidade uma diversidade de oficinas a serem ministradas pela equipe de professores que atua em projetos desenvolvidos pelo poder público municipal. As oficinas serão gratuitas e ocorrerão durante todo o mês de julho através de plataformas digitais, lançando a cada semana uma programação diferente.

De acordo com Kelly Lustosa, coordenadora de Dança da FMC, o projeto vem com propostas em Danças Populares, Balé Clássico, Jazz, Dança Contemporânea e Danças Urbanas. “Esta primeira edição será como um raio de sol, uma fresta de luz anunciando dias melhores para a dança teresinense. Estamos trabalhando para que tudo ocorra da melhor forma, pois sabemos que o acesso a arte é de extrema importância para o desenvolvimento e bem-estar de crianças, jovens e adultos em todas as camadas da sociedade”, comenta Kelly Lustosa.

Para participar das oficinas os interessados devem se cadastrar através do link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfw3odMItSEsK4mCTd7Kc9vQ-zkP0vIY5hFuAo6y7MXH1KE_A/viewform que está disponível no site cultura.teresina.pi.gov.br ou nas redes sociais da FMC.

Balé da Cidade de Teresina dará capacitação para instrutores de dança da FMC

Com o intuito de dar mais qualidade às aulas de dança, que ocorrem por meio das casas ligadas a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), foi firmada uma parceria entre a coordenadoria de dança e o Balé da Cidade de Teresina, onde ambos irão participar de encontros virtuais para debater a qualidade do ensino e ainda para tratar sobre os desafios das aulas online durante esse período de pandemia. Segundo a coordenadoria de dança, o Balé da Cidade é referência para todos que trabalham com dança no Estado do Piauí, por isso a parceria será importante para a capacitação de crianças, jovens e adultos que serão atendidas pelos instrutores.

Atualmente os instrutores atuam com projetos de dança no Teatro João Paulo II, Teatro do Boi, CEU Sul e Norte e ainda atendem os moradores da Vila da Paz, na zona Sul da capital. De acordo com Kelly Lustosa, coordenadora de dança da FMC, essa troca de experiência com dançarinos renomados garantem mais qualidade na produção das aulas ministradas na periferia da cidade. “Através dessa iniciativa iremos ampliar nossos campos de conhecimento, servindo ainda para criarmos novos métodos que garantam um melhor aprendizado para os alunos”, comenta Kelly Lustosa.

Chica Silva, diretora do Balé da Cidade, conta que com essa parceria, os instrutores irão participar de aulas remotas ministradas pelo Balé da Cidade de Teresina. “Fiquei contente com essa possibilidade e de contribuir com o nosso trabalho que, de certa forma, fomenta a visão de dança dentro da FMC”, comenta Chica Silva.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea, que atua no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e aprofundamento da dança piauiense. O projeto vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação compromissada em diferentes ações, como temporadas de apresentações gratuitas, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 bailarinos e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, por meio de contrato entre a Fundação Municipal de Cultura e a Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina.