Parque da Cidadania receberá nesta quinta (23) concerto natalino da Orquestra Sinfônica de Teresina

Os concertos natalinos da Orquestra Sinfônica de Teresina (OST) já fazem parte do Natal dos teresinenses. Com uma vasta programação de apresentações e com um repertório que representa o clima do mês de dezembro, a OST realizará o último concerto de 2021 nesta quinta (23), a partir das 19h, no Parque da Cidadania.7

A ocasião contará com a participação dos cantores Gislene Danielle e Leandro Harias, interpretando os clássicos natalinos, além também, das tradicionais obras eruditas. O evento é gratuito e para participar, basta apresentar na portaria do parque, o cartão de vacinação com as duas dose da vacina contra a Covid e fazer o uso de máscara facial protetora.

De acordo com o maestro Aurélio Melo, o ano foi de muitos desafios, principalmente para aqueles que trabalham com a música. Para o maestro, 2021 representa o retorno das apresentações públicas, após o pior momento da pandemia.

“Este ano enfrentamos momentos difíceis. Chegamos em um momento especial para todos e para a cultura em si, então não poderíamos deixar de transmitir esperança em forma de arte. Mais uma vez nossa Orquestra irá levar encantamento para nossa gente”, conta o maestro Aurélio Melo, agradecendo a população de Teresina por ter comparecido aos concertos e ensaios realizados nos palcos, praças e parques.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, conta que para 2022, com o aumento de pessoas imunizadas e com o respeito às regras sanitárias, a Orquestra Sinfônica retornará suas atividades públicas, levando a boa música por todos os cantos da cidade.

“Vamos continuar ampliando nossos projetos, para que mais e mais pessoas possam ter acesso aos instrumentos de cultura. Queremos levar a sinfônica para a periferia, para as comunidades rurais, para onde o povo estiver”, afirma Ênio Portela.

Para acompanhar as atividades e apresentações da Orquestra Sinfônica de Teresina, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br, ou seguir a página do Instagram @cultura_the ou as redes sociais da orquestra.

Orquestra Sinfônica de Teresina e João Cláudio Moreno fazem concerto de São João

Uma parceria que foi consolidada em 2012 com a Cantata Gonzaguiana, um concerto criado para homenagear o centenário de nascimento de Luiz Gonzaga, renovada este ano com a produção de  um vídeo lançado em junho deste ano nas redes sociais. Ontem (09), mais uma vez houve esse encontro, desta vez em um concerto para duzentas pessoas realizado no Teatro 4 de Setembro.

Para João Cláudio Moreno o momento é bem especial, pois segundo ele, uma parceria com a Orquestra Sinfônica de Teresina enriquece o currículo de qualquer artista.

“Eu tenho 32 anos de carreira e já fiz muita coisa, já fui dirigido e contracenei com Chico Anísio, já fiz um disco com Hermeto Pascoal e para mim a maior felicidade foi cantar com a OST na Cantata e fiquei muito grato pelo convite, andamos em muitos lugares, fomos até Exu. A Orquestra é a cara do Piauí: garra, sacrifício, sofrimento e esforço, é muito nossa”, afirma João Cláudio Moreno.

Além de comemorar a parceria, o maestro Aurélio Melo, também celebrou o retorno das apresentações com público nas casas de espetáculos, que há quase dois anos estavam suspensas por conta das medidas protetivas para evitar o coronavírus.

“Apesar das atividades on-line e as realizadas em espaços abertos, é emocionante voltar a se apresentar em uma casa de espetáculo com plateia, mesmo que de forma reduzida. Esse é um momento novo, momento em que retomamos nossas atividades com a esperança de que em breve estaremos livre desse vírus que tanto afetou nossa rotina”, conta o maestro Aurélio Melo.

Realizado através da Lei Aldir Blanc, em edital lançado pela Secretaria Estadual de Cultura (SECULT-PI), o concerto contou com repertório cheio de canções de autores nordestinos como Luiz Gonzaga e Patativa do Assaré e homenageia também o empresário João Claudino, que era um grande incentivador da cultura.

A Orquestra Sinfônica de Teresina é um projeto cultural mantido pela Prefeitura de Teresina, por meio de um contrato de gestão entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e a Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina – AAOST.