Cultura Itinerante encerra com live após percorrer bairros e povoados de Teresina

O Projeto Cultura Itinerante, que iniciou em janeiro deste ano, e que tinha como objetivo oferecer cultura para o povo teresinense, chegou ao seu final após percorrer seis comunidades nas zonas urbana e rural. Nesta edição foram atendidos os bairros Pedra Mole, Macaúba, Mocambinho, Santa Bárbara e ainda os povoados Alegria e Santa Teresa, onde os moradores dessas comunidades tiveram a oportunidade de assistir apresentação de bandas, balés e humor.

A última edição estava prevista para ocorrer na Praça Cultura do Dirceu, porém com conta do decreto que suspende eventos culturais que gerem aglomerações, o evento ocorreu através de uma live, realizada no último sábado (05). A live teve apresentações de Bruna Mel, Toda Boa, Matheus Q!, Priscila, Zé do Ovo, Vini, além do Corpo de Baile do Teatro do Boi.

Para Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o evento foi um sucesso e contou com a aprovação popular por onde passou. O gestor também destacou a importância da emenda parlamentar enviada pelo vereador Luís André, que garantiu a realização do evento.

“Teresina só tem a ganhar com esse tipo de iniciativa, ficamos tristes por ter que suspender as atividades culturais que gerem aglomerações pelos próximos dias, porém já estamos nos preparando para no término do decreto, voltar a percorrer a cidade com as atividades promovidas pela FMC”, conta Ênio Portela, afirmando ainda que o prefeito Dr. Pessoa, quer neste ano, que a pasta da cultura atenda o maior número possível de comunidades.

O Cultura Itinerante é realizado pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e contou com apoio do Instituto de Gestão e Desenvolvimento Social – IGDS. No site da FMC, o cultura.pmt.pi.gov.br, é possível acompanhar por fotos como o Cultura Itinerante deste ano.

FMC suspende eventos culturais realizados com recursos públicos

Seguindo as recomendações do decreto de número 20.525, do Governo do Estado do Piauí, a Prefeitura de Teresina (PMT), através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), irá suspender durante a validade do decreto, todas as atividades culturais financiadas com recursos da gestão municipal. A princípio estão suspensos os projetos presenciais: Cultura Itinerante, Vem pra Ponthe, Feirarte, e a Semana Cultural que deveria ser realizada na região do Grande Dirceu, durante a segunda semana do mês de fevereiro.

Ainda nesta mesma linha, seguirão suspensas a realização do Corso 2022, bem com as demais atividades carnavalescas que gerem aglomeração e que seriam custeadas através dos investimentos públicos do município. A recomendação da fundação cultural é que a população que queira buscar outros tipos de opções culturais, que façam o uso de máscaras e o principal, cumprir todo o calendário vacinal, tomando as doses recomendadas nas datas previstas.

Segundo Ênio Portela, presidente da FMC, o prefeito Dr. Pessoa se mostrou preocupado com o aumento de casos, e ainda na noite de ontem, orientou a pasta da cultura sobre o cancelamento das atividades, bem como tomar outras medidas que venham a garantir a segurança dos cidadãos teresinenses. Ainda segundo o gestor, assim que liberada, a gestão cultural continuará com seus projetos levando cultura para os bairros e comunidades rurais de Teresina.

“É preciso uma união de todos neste momento, já avançamos muito na imunização dos teresinenses, porém entendemos que esse número precisa melhorar. A população também deve fazer a sua parte, evitando aglomerações, higienizando as mãos e fazendo o uso de máscaras. Nossa intenção é voltar com as atividades culturais o mais rápido possível, porém isso só será viável se a população se unir aos órgãos de saúde”, conta Ênio Portela.

TEATROS MUNICIPAIS E DEMAIS CASAS CULTURAIS

Os teatros municipais continuarão abertos, onde serão realizados alguns eventos particulares, porém a capacidade desses espaços continuará reduzida, devendo o cidadão apresentar o passaporte da vacina ao adentrar a esses locais. As demais casas também seguem as medidas sanitárias, todas com público reduzido e com disponibilidade de totens de álcool 70%.

Teresina terá curso para capacitação de artistas em Marketing Digital

A Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), promove por meio da Associação Maria do Amparo (AACEMA), o curso ‘Marketing Digital para Artistas; Capacitação e Empreendedorismo’. O lançamento oficial acontecerá em solenidade nesta terça-feira (25), a partir das 10 horas, no Palácio da Música, localizado no Centro de Teresina.

De acordo com Ênio Portela, presidente da FMC, o objetivo do curso é formar artistas e profissionais da produção cultural para lidar com as novas ferramentas online para que eles possam empreender a partir do próprio talento. De acordo com o presidente, o curso é gratuito e aberto à comunidade artística.

“As inscrições estarão abertas a partir de segunda-feira (25) e seguem até o dia 11 de fevereiro. Ao final das aulas, os alunos receberão certificado com carga horária de 120 horas”, afirma Ênio Portela, enfatizando ainda que as vagas são limitadas.

Segundo Ravenna Araújo, coordenadora do curso, as disciplinas do curso de Marketing Digital envolvem conhecimentos sobre mídias sociais, criação, planejamento e produção de conteúdo em vídeos e análise de métricas. As aulas ocorrerão às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 horas até às 17 horas, entre os dias 14 de fevereiro e 11 de março na sala da Palavra Assis Brasil, no Sesc Cultural, que fica na avenida Raul Lopes, n° 513, bairro Noivos.

Ravenna Araújo, coordenadora do curso

“Pensamos em módulos que vão de noções básicas do Marketing Digital até o uso de ferramentas mais complexas com ferramentas de impulsionamento. Teremos convidados especialistas que vão falar sobre a parte de produção fotográfica voltada para rede social e também sobre Facebook ADS”, afirma Ravenna Araújo, esclarecendo ainda que o curso conta com investimentos de emendas parlamentares repassadas pelo vereador Venâncio Cardoso.

Para mais informações sobre inscrições ou detalhamento do curso, o interessado poderá entrar em contato com a organização do mesmo por meio do telefone (86) 3085-3892.

Ação Arte Solidária irá reunir artistas no Shopping da Cidade

Nesta terça-feira (11), diversos artistas de Teresina estarão reunidos na Ação Arte Solidária, evento que será realizado no Shopping da Cidade, no Centro de Teresina, e que tem como objetivo levar cultura para os munícipes, bem como arrecadar alimentos, brinquedos, materiais de limpeza e roupas para as famílias que foram desabrigadas por conta das enchentes e incentivar a visitação ao shopping. A Ação Arte Solidária será gratuita, sendo que os artistas participantes também abriram mão do cachê, isso para formar uma corrente do bem para que, neste momento, sejam amenizados os problemas de quem passa por dificuldades.

Para Erico Luiz, diretor do Palácio da Música e um dos organizadores da ação, o evento é uma oportunidade para os teresinenses que fazem compras no Shopping da Cidade e para os trabalhadores do espaço mostrar que são solidários às vítimas das enchentes. O diretor esclarece ainda que para doar, basta o interessado se dirigir até o ponto de arrecadação que funcionará ao lado das atrações culturais.

“Teresina sempre foi solidária, por isso estaremos realizando essa atividade. Também somos gratos aos artistas, que abriram mão do cachê, sem eles ficaria impossível fazer essa grande festa da solidariedade”, conta Erico Luiz.

Amauri Jucá é uma das atrações

Além dos humoristas Amauri Jucá, Jackstênio Rodrigues e Walbert Dourado, a Ação Arte Solidária contará com apresentações de Luana Campos, Trio de Sanfoneiros da Orquestra Sanfônica, Dam Bezerra e Lene Alves, Musical Clower Emergency, Evaldo Lima dos Teclados e a Banda 16 de agosto. As apresentações iniciam às 9h e seguem até às 13h, no piso térreo, devendo o público utilizar máscara de proteção para evitar contrair o coronavírus ou a gripe comum.

Solidariedade o ano todo

Ainda no ano passado, após conversa com o prefeito Dr. Pessoa, o presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, determinou que todas as atividades culturais desenvolvidas pelo município recebam doações de alimentos ou brinquedos. Segundo o presidente, a ideia é que a população possa ter sempre perto de si um meio de ajudar a quem precisa.

“Realizamos atividades por todas as zonas da cidade, inclusive em comunidades rurais que ficam bem distantes do Centro, por isso tomamos essa iniciativa de levar a cultura para todos, mas também de usar esse mecanismo como uma corrente do bem, onde famílias carentes possam ser contempladas”, diz Ênio Portela, esclarecendo mais uma vez que onde tiver um evento da FMC, o cidadão poderá buscar os organizadores para fazer sua doação.

Apoio

Além do apoio dado pelos artistas, a Ação Arte Solidária conta com o apoio do Shopping da Cidade, INPI – Instituto de Negócios do Piauí e SAAD Centro.

Final do Festival TEREMUSIC ocorre neste sábado (11) no Parque da Cidadania

No próximo sábado, (11), às 18h, acontece no Parque da Cidadania, na zona Norte de Teresina, a grande final do Festival TEREMUSIC, evento que reunirá novos nomes da música local. Realizado pela Prefeitura de Teresina, o festival terá 14 atrações na final que disputarão prêmios em dinheiro no total de R$ 14 mil reais para os primeiros colocados.

Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, conta que o evento é uma oportunidade criada para dar oportunidade para nomes da juventude que desejam seguir carreira musical. Para ele, o festival acaba sendo uma porta de entrada para jovens, principalmente para aqueles que passaram ou estão matriculados nos cursos gratuitos oferecidos pela Prefeitura de Teresina para formar novos talentos.

“Já trabalhamos a capacitação destes jovens por toda a cidade e agora por meio deste evento, é possível dar mais uma oportunidade para aqueles que estão dando o primeiro passo na música. Ele também cita que além da premiação, o festival dá visibilidade para os participantes e em breve muitos deles estarão nos palcos da capital e até em outras cidades”, comenta Ênio Portela.

Votação

Além da votação dos jurados, também ganha pontos os mais votados em uma votação que ocorre na página do festival no Instagram. Para validar o voto, o internauta deverá seguir as páginas @cultura_the e @festivalteremusic, além de curtir a foto do candidato e comentar com hashtags #festivalteremusic2021 .

 

Participantes na categoria solo

Francyelly da Silva

Ester da Silva

Yasmin Ohana

Mayke

Carlos Eduardo

Jamilly Reis

Ellen Maria

Ana Teresa

 

Participantes na categoria banda

Banda Cidade Estéril

Marcos Andrade e Banda

Grupo Três

Narcoliricistas

Sunlight

Bonnibel

Balé da Cidade de Teresina volta aos palcos com o espetáculo O Código das Borboletas

O Balé da Cidade de Teresina irá apresentar nesta quinta-feira (18), o espetáculo “O Código das Borboletas”, que irá ocorrer às 20h, no Espaço Multifuncional (Black Box) Sesc Centro Cultural. Serão disponibilizadas ao público 30 vagas com valores de R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia entrada.

Chica Silva, diretora da companhia, diz que todo o elenco está eufórico com essa volta aos palcos. Para ele é um momento de celebração, uma oportunidade de voltar ao novo normal pós pandemia.

“Vivenciar esse momento é um novo respiro porque passamos quase dois anos sem poder nos apresentar, então está todo mundo eufórico. É uma oportunidade maravilhosa. Mesmo sendo no finalzinho do ano, dá um outro olhar, uma outra vontade porque a gente vive de estar com o público. Vai ser uma honra retomar com um trabalho tão importante para o Balé da Cidade que é O Código das Borboletas, do Rafael Gomes do Rio de Janeiro”, conta Chica Silva.

O espetáculo tem classificação livre e é resultado de uma residência com o coreógrafo carioca Rafael Gomes. O Código das Borboletas cria uma comunidade que tem sua comunicação própria, que coabita esse tempo/espaço como uma metáfora do viver junto, criando um comum que precisamos ocupar na vida para criar sentidos e dançar outras narrativas. Nasce das cores e do movimento de revoada das borboletas, com suas trajetórias sinuosas e estado de espírito selvagem. A interação entre os corpos, os movimentos singulares, tudo faz parte dessa comunidade que se relaciona e se move a seu tempo.

Para a apresentação, todo o elenco do Balé da Cidade de Teresina, mesmo já vacinado com as duas doses, realizou teste de Covid-19.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 28 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e difusão da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação em diferentes ações, como temporadas de apresentações, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 integrantes e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, através da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, por meio de contrato de gestão com a AABCT, Organização Social de Utilidade Pública Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina. Tem direção geral de Chica Silva, coordenação artística de Janaína Lobo, aulas de Samuel Alvís e ensaios de José Nascimento.

Prefeitura de Teresina realiza curso e terá programação cultural no Dia do Servidor

A Prefeitura de Teresina, por meio dos órgãos que compõem a administração municipal, dispõe aos servidores serviços e ações de qualificação e bem-estar. Comemorado no próximo dia 28 de outubro, o Dia do Servidor Público será marcado com a realização de várias atividades, entre elas, na Escola de Gestão de Teresina e a tradicional festa do Dia do Servidor, comemorada há 30 anos.

Após o período da pandemia da Covid-19, as atividades da Escola de Gestão de Teresina (EGT) foram retomadas. A Escola tem como objetivo a oferta de cursos gratuitos para capacitar servidores e funcionários em suas áreas de atuação.

Criada em 2019, a Escola de Gestão está vinculada à Secretaria Municipal de Administração (SEMA). As aulas desta primeira turma acontecem no auditório da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) com a oferta do curso “Noções de Orçamento Público”, que aconteceu dias 6 e 8 de outubro.

“Estamos muito felizes de retomar as atividades da Escola, de voltar com a oferta de cursos aos servidores para melhorarmos ainda mais o desempenho das atividades e trabalhar com assertividade, sempre pensando no melhor resultado que será oferecido à população. Agradeço a todos que se dispuseram a contribuir para esse novo período de cursos e, com certeza, sairão com muito conhecimento”, explicou Leonardo Silva.

Clube do Servidor terá programação especial

Para celebrar o Dia do Servidor, a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) preparou uma programação especial, que acontecerá no próximo domingo (31). Os servidores públicos de Teresina estarão reunidos no Clube do Servidor, a partir do meio-dia, e contarão com a animação da cantora Janaina e Banda e de um trio de forró pé de serra da Orquestra Sanfônica de Teresina.

O presidente da União dos Servidores Municipais de Teresina (USMT), Henrique da Saúde, fala que, apesar dos desafios, a classe está muito otimista com a atual gestão, pois, segundo ele, já foi aberto um canal de diálogo com o prefeito Dr. Pessoa.
“Entendemos que a gestão ainda está no seu início, porém, fico feliz em saber das boas intenções do prefeito para com o servidor público. É a primeira vez que estamos sendo ouvidos de verdade, inclusive o Dr. Pessoa já sinalizou que irá alocar recursos para reformar o Clube do Servidor”, conta Henrique da Saúde, afirmando ainda que a festa de domingo será gratuita para os servidores municipais e que serão tomadas todas as medidas sanitárias para evitar a transmissão do coronavírus.

Esse ano, as atrações culturais foram cedidas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), que pretende formalizar uma parceria com a USMT para a realização de outras atividades no Clube do Servidor. Para Antoniel Ribeiro, produtor cultural da FMC, os servidores são os grandes responsáveis pela excelência da gestão municipal, por isso, merecem ser atendidos pela pauta cultural.

“Essa é apenas a primeira de muitas atrações que iremos ceder para o Clube do Servidor, pois entendemos que os servidores também precisam de momentos de lazer, por isso iremos nos alinhar com a USMT para a realização de novas atividades”, comenta Antoniel Ribeiro.

O Clube do Servidor fica localizado na Rua Minas Gerais, 1049, no bairro Matadouro, na zona Norte de Teresina.

“Balé da Cidade NA Cidade”: apresentações feita em bairros podem ser assistidas no YouTube

A segunda temporada do Projeto “Balé da Cidade NA Cidade” continua com as suas exibições no YouTube. O projeto, que consiste em divulgar performances do corpo de bailarinos, teve início dia 15 deste mês e se estende até o dia 10 de novembro.

O programa comemora os 28 anos da companhia e tem como objetivo tornar o alcance às apresentações do grupo mais acessíveis para todas as zonas da cidade.

A diretora da companhia, Chica Silva, detalha que o projeto foi a melhor alternativa para aproximar a população e o Balé da Cidade, que desde o início da pandemia, parou suas atividades por conta das medidas restritivas.

“Essa foi a forma que encontramos de aproximar de forma segura o Balé da Cidade do público.. A primeira temporada transmitimos diariamente nossas performances pelo nosso Instagram e dessa vez são duas apresentações semanais que estreiam no nosso canal no YouTube”, explica Chica Silva.

O Projeto Balé da Cidade NA Cidade são acontecimentos performáticos que têm como ponto de partida espetáculos do balé e se desmembram em novas ações pelas paisagens de Teresina. Na segunda temporada os bailarinos revisitam os locais de sua primeira performance trazendo as propostas atualizadas, e também convidando outros artistas da cia: os acontecimentos individuais, agora podem acontecer com até 3 pessoas.

Nesta quarta-feira (22), será exibida a performance “Casca” com Hellen Mesquita, José Nascimento e Felipe Rodrigues, que foi dançada na Avenida Deputado Ulisses Guimarães, no Bairro Promorar. Já na sexta-feira (24), será a vez da performance “Vamos dançar uma valsa?” com Agdayana Nascimento, dançada na praça do bairro Monte Horebe, na zona Sudeste de Teresina.

As estreias acontecem toda quarta e sexta-feira, às 20h, no canal de YouTube da Companhia (https://www.youtube.com/channel/UCJZ_LzwGcejVwGH6lsRO2ng). No total serão 15 apresentações. Os vídeos continuarão disponíveis mesmo após a estreia.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 28 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e difusão da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação em diferentes ações, como temporadas de apresentações, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 integrantes e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, por meio de contrato de gestão com a AABCT, Organização Social de Utilidade Pública Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina. Tem direção geral de Chica Silva, coordenação artística de Janaína Lobo, aulas de Samuel Alvís e ensaios de José Nascimento

Aniversário de Teresina: Balneário Curva São Paulo terá show com Trio Mandacaru neste domingo (22)

Com o intuito de valorizar o Balneário Curva São Paulo, ponto turístico da capital que fica localizado na zona Sudeste da capital, a Prefeitura Municipal de Teresina estará realizando neste domingo (22/08), das 13h às 16h, uma apresentação do Trio Mandacaru. A atividade faz parte do calendário cultural do aniversário da cidade e ainda das comemorações do aniversário do balneário que, este mês, chega aos seus 14 anos de existência.

A gestão municipal estará empenhada em criar meios que melhore a situação do espaço. Por lá já tiveram intervenções de limpezas promovidas pela SAAD Sudeste – Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas, bem como a melhoria da iluminação pública promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação – SEMDUH.

Para Zé Nito, superintendente da SAAD Sudeste, o comprometimento da prefeitura com o Balneário Curva São Paulo é um reflexo da preocupação com as pessoas da cidade.

“Tenho profundo respeito por esse lugar, pelos permissionários e residentes da região. Estamos nos comprometendo a estudar a melhor forma para trazer uma nova Curva São Paulo, bonita e cheia de vida para as pessoas usufruírem. Mais um espaço de lazer para a zona sudeste”, comemora o superintendente Zé Nito.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), Scheyvan Lima, conta que, com as melhorias já iniciadas no balneário, agora chegam as intervenções na área da cultura, que em parceria com a SAAD Sudeste e outros setores da gestão municipal, estarão sendo realizadas ao longo deste ano, com intervenções que venham a dar mais visibilidade ao local.
“Temos a determinação do prefeito Dr. Pessoa de descentralizar as ações culturais que ocorrem na cidade, por isso essa gestão estará sempre presente no Balneário Curva São Paulo, local que tem o carinho de muita gente e que carece de uma melhor atenção”, conta Scheyvan Lima, afirmando ainda que, por conta do momento pandêmico, inicialmente essas atividades culturais ocorrerão de maneira pontual, a fim de serem respeitadas as orientações dos órgãos de saúde.

Gilmar Paiva, da Comissão de Organização do Balneário Curva São Paulo, conta que o espaço começa a ter o retorno do público e que essa atividade feita pela gestão pública só vem a ajudar o espaço, pois, de acordo com ele, muitas famílias dependem do local para sustentar suas famílias. Gilmar também fala que, além da apresentação do Trio Mandacaru, no domingo de aniversário do balneário, também terá a apresentação da Banda Fervendo Frevo.

“Esse apoio dado pela gestão é muito importante para garantir que este espaço volte a ser um dos pontos turísticos mais visitados do estado. Nós, permissionários, avaliamos como positivo esse olhar dos gestores, pois é através dessa visão de valorização que iremos ter a garantia que continuaremos sendo assistidos”, comenta Gilmar Paiva, afirmando que tem boas expectativas sobre o evento deste domingo.

O evento comemorativo do aniversário do Balneário Curva São Paulo é totalmente de acesso gratuito, devendo o público fazer o uso de máscaras e manter o distanciamento social. Para mais informações sobre as intervenções do poder público no balneário, basta acessar o site www.teresina.pi.gov.br.

Alunos do Projeto Banda Escola recebem Wilker Marques em live nesta quinta-feira (20)

Os alunos do Projeto Banda Escola de Teresina estão desde março de 2020 com suas atividades de forma on-line. Com aulas três vezes por semana, com uma hora de duração cada, eles ainda têm acesso às lives semanais que complementam o conteúdo.

De acordo com Melque Gabriel, o convidado dessa semana é Wilker Marques, músico teresinense, clarinetista e saxofonista, que também é professor de filosofia do Instituto Federal do Piauí e ex-clarinetista da Orquestra Sinfônica de Teresina e ainda foi um dos responsáveis pelo início do ensino de clarinete na cidade.

“A nossa intenção ao realizar essas lives é apresentar pra nova geração os grandes músicos responsáveis pelo ensino do instrumento”, explica Melque Gabriel, professor da Banda Escola Maestro Aurélio Melo, que funciona na região do Vale do Gavião, na zona Leste de Teresina.

Para Cleidiomar Nascimento, Coordenador do Projeto Banda Escola, as lives são muito importantes nesse momento difícil que vivemos. “Além de proporcionar aos alunos o contato com profissionais da música, as lives ajudam também na dinâmica do ensino remoto que tem se tornado uma realidade desde o início da pandemia do coronavírus”, reforça Cleidiomar Nascimento.

O projeto Banda Escola é executado pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, no âmbito das unidades escolares do município. Ele promove espaços lúdicos e de criação, sobretudo para jovens e adolescentes que estejam passando por dificuldades na escola e na comunidade, oferecendo-lhes uma nova perspectiva, possibilidades de socialização e o potencial de iniciação profissional em uma carreira artística na área da música.

O projeto cumpre um importante papel social e educativo ao colocar no mercado novos instrumentistas com sólida formação musical, prática e teórica, desempenhando um papel fundamental para a preservação e continuidade da produção cultural das bandas de músicas em várias cidades do estado, além de tirar as crianças de situações de risco e mantê-las ligadas à educação por meio das artes.