Orquestra de Violões realizará apresentações na Morada do Sol e na Praça Pedro II

Dentro da programação cultural da Prefeitura Municipal de Teresina e da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, a Orquestra de Violões de Teresina (OVT) vai realizar nesta semana duas apresentações públicas e gratuitas. As apresentações ocorrerão hoje (28/07), na Praça da Igreja de São Cristóvão, no bairro Morada do Sol, a partir das 18h e na quinta-feira (30/07), às 17h, na Praça Pedro II, no Centro de Teresina.

Durante o mês de junho, a Orquestra de Violões tem realizado diversas apresentações por toda cidade, com o objetivo de aproximar esse mecanismo de cultura da população teresinense. Por onde passaram, os músicos com seus inseparáveis violões, conseguiram arrancar aplausos e a admiração da plateia presente nas apresentações.

Para Raví Cordeiro, coordenador de projetos da OVT, essas apresentações são uma forma de divulgar o trabalho da orquestra, principalmente o CD e DVD promocional que será lançado em breve. Ainda de acordo com Raví Cordeiro, apesar da OVT ter 14 anos de existência, ela ainda é desconhecida do grande público, por isso foi tomada essa decisão de descentralização das apresentações.

“Nosso prefeito Dr. Pessoa tem nos procurado e cobrado para que a gente saia dos teatros e nos apresentemos também nas praças e parques, pois a intenção dele, é levar cultura para toda a população, independente de classe social. Essa mudança tem sido bem proveitosa, pois agora estamos com um público que antes não iam ver nossas apresentações nos teatros”, comenta Raví Cordeiro.

Além das apresentações, a Orquestra de Violões de Teresina também trabalha com a formação de novos profissionais através de cursos realizados nos teatros municipais, no Palácio da Música e nos CEUS. Os trabalhos da OVT podem ser consultados no site cultura.pmt.pi.gov.br ou na página Cultura_the no Instagram.

Projeto Balé da Cidade Convida inicia nesta sexta (01/07) no Teatro João Paulo II

Nesta sexta-feira (01/07), a companhia de dança Balé da Cidade de Teresina recebe o Corpo de Baile do Teatro do Boi para a primeira apresentação do projeto Balé da Cidade Convida. A apresentação é gratuita e acontece às 19h, no Teatro João Paulo II, que fica localizado na região do grande Dirceu, zona Sudeste de Teresina.

De acordo com Chica Silva, diretora do balé, o projeto Balé da Cidade Convida, tem objetivo de apresentar os repertórios da companhia e também dialogar com diferentes grupos e artistas da cidade, criando contextos de apresentação, de troca entre os grupos e trabalhando também a formação de público e democratização do acesso à cultura. Nesta primeira apresentação, a companhia apresentará o espetáculo “Corpônica”, criação do coreógrafo e dançarino Samuel Alvís, já o Corpo de Baile do Teatro do Boi traz seu espetáculo “Na beira do rio”, coreografia de Matheus dos Santos e Cynthia Layana.

Corpo de Baile do Teatro do Boi

“Esse projeto é uma forma de criar diálogos com outros artistas da dança e levando isso para o público. Entendemos que, desta forma, podemos estimular a aproximação entre os públicos e levar a dança para mais gente”, explica Chica Silva.

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia de dança mantida com recursos da Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. Os trabalhos da companhia podem ser acompanhados através do site cultura.pmt.pi.gov.br ou da página cultura_the no Instagram.

Ao som de Patricia Mellodi, casais dirão o sim em casamento no Parque da Cidadania

Dona de uma voz encantadora e de outros grandes talentos, a cantora Patricia Mellodi é uma das atrações do Casamento Comunitário, que acontecerá neste sábado (7), às 7h30, no Parque da Cidadania, localizado no bairro Cabral, na zona Norte de Teresina. Ao todo, 100 casais deverão dizer o sim na atividade promovida pela Prefeitura Municipal de Teresina, por meio das ações da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

A parte cultural do casamento ficará por conta da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), que, além de Patricia Mellodi, estará disponibilizando a Orquestra de Violões de Teresina e ainda um Duo de Sax. Ênio Portela, presidente da FMC, conta que essa atividade será um momento muito importante para os casais e que por isso a gestão municipal não poderia deixar de abrilhantar a festa com boas atrações musicais.

“Aproveitamos a passagem da cantora Patricia Mellodi pelo Piauí para presentear os casais. Temos certeza que será uma festa linda, ainda mais complementada pelo belo cenário do Parque da Cidadania”, comenta Ênio Portela, reafirmando que a FMC sempre apoiará as demais secretarias em eventos que beneficiem a população da capital.

Para quem deseja acompanhar de perto as ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, acesse o site cultura.pmt.pi.gov.br. Muitas das informações de eventos, cursos e apresentações também estão disponíveis na página @cultura_the no Instagram.

Projeto Vem pro Teatro reunirá diversos artistas de Teresina

Artistas teresinenses estarão participando do Projeto Vem pro Teatro, que acontece, no próximo sábado (26) e no domingo (27), no Teatro João Paulo II, na zona Sudeste e no Teatro do Boi, localizado na zona Norte de Teresina. De forma gratuita, o projeto visa aproximar ainda mais a população das casas de espetáculos, que por dois anos estiveram com suas portas fechadas por conta das restrições exigidas devido ao momento pandêmico.

Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), conta que as casas de espetáculos foram as primeiras a serem afetadas com as restrições e que agora, com a flexibilização de algumas medidas sanitárias, a Prefeitura de Teresina pretende retomar a movimentação desses espaços. Para o presidente, essas medidas além de oferecer opções culturais para a população, também servirão para valorizar o artista local dando a eles oportunidades de gerarem renda às suas famílias.

“Este retorno é motivo para comemorar passamos muito tempo sem vivenciar espetáculos nos teatros, nas nossas casas. O prefeito Dr. Pessoa é um grande entusiasta da cultura teresinense, e já nos pediu um plano de retorno gradual das atividades nos teatros, bem como a realização de eventos em comunidades urbanas e rurais, isso a fim de oferecer cultura de forma igualitária para todos os municípios”, comenta Ênio Portela.

André Veras e o Forró Alazão estão entre as atrações

Para o cantor André Veras, um dos artistas que irão se apresentar no Vem pro Teatro, o apoio da Prefeitura de Teresina neste momento é muito importante para o artista local, principalmente para aqueles que vivem apenas da cultura. Para o cantor, essa vai ser uma oportunidade para os artistas voltarem a se aproximar do público, além de dar mais visibilidade ao nosso trabalho.

“Fico muito feliz por ter sido chamado para participar desse evento, ainda mais sabendo que é algo que valoriza o trabalho do artista da terra, aquele que nasceu aqui e que tanto luta para divulgar a sua arte. Espero a presença de todos vai ser uma festa bonita, uma oportunidade de reencontro”, conta André Veras.

Este retorno das atividades nos teatros contará com mais de 20 atrações abordando todos os públicos, desde o infantil com os palhaços Bolim & Bolão até o adulto com Janaina & Banda e ainda André Veras e Forró Alazão.

Veja a programação:

Sábado (26)

Teatro do Boi

17H – SHOW INFANTIL – BOLIM & BOLÃO
17:40H – CORPO DE BAILE DO TEATRO DO BOI
18H – ESPETÁCULO INFANTIL – JOÃO TRANCOSO
19H – GRUPO DE DANÇA
20H – SHOW MUSICAL – JANAINA & BANDA

Teatro João Paulo II

17H – ESPETÁCULO INFANTIL : O SAPO SEVERINO
18H – CIA. DANÇA EFICIENTE : ESPETÁCULO PLENITUDE
18:20H – GRUPO DE CULTURA AFRO AFOXÁ : “DAI-ME LICENÇA”
18:50H – GRUPO OPEQ: ESPETÁCULO – LENDÁRIO PIAUIENSE
19:30H – GRUPO DANÇAS QUE TEMOS FEITO: ESPETÁCULO – PIAUIENSE SAMURAI
20H – GRUPO THE FLAVOR BATLE : ESPETÁCULO – DANÇA URBANA
20:30H – SHOW MUSICAL: JAMILLY REIS IN TRIO
16H ÀS 22H – ARTE FEIRA DO TEATRO JOÃO PAULO II

Domingo (27)

Teatro do Boi

17:30H – CIA. TALISMAN DE CIRCO
18H – TRUPE EQUILIBRISTA: BOTANDO SENTIDO
18:40H – GRUPO DE DANÇA
19H – TRUPE DE PONTA CABEÇA – ALÉM DA LONA
19:40H – SHOW DE HUMOR – JACKSTÊNIO
20:10H – SHOW DE HUMOR – KATIA PICOLÉ
20:40H – SHOW MUSICAL – MACHADO JR & BANDA

Teatro João Paulo II
17:30H – MÁGICO ZARON
18:20H – KARLA SOUSA: ESPETÁCULO DE DANÇA – VIAGEM NO CORPO BARCO
19H – GRUPO ARTE 2: ESPETÁCULO DE DANÇA “POSE”
19:40H – GRUPO MUVUCA THE: DANÇA URBANA
20H – SHOW MUSICAL : ANDRÉ VERAS E FORRÓ ALAZÃO
16H ÀS 22H – ARTE FEIRA DO TEATRO JOÃO PAULO II

 

Sambistas de Teresina irão realizar show solidário no Hemopi

Na próxima sexta-feira (25/02), ocorrerá a campanha “Sou sambista sangue bom”, evento realizado pelo movimento cultural Piauí Samba em parceria com a Prefeitura de Teresina e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). A campanha tem como objetivo coletar bolsas de sangue para ajudar a reforçar o estoque do hemocentro, como também levar alegria para as pessoas através do samba.

Segundo Celene Fernandes, gerente de promoção cultural da FMC, a campanha tem uma grande importância para a saúde pública local, já que segundo ela, o hemocentro sempre precisa dessas doações. Ainda de acordo com a gerente, atrelar esse ato solidário à cultura, torna o evento ainda mais relevante.

“Atendendo a um pedido do prefeito Dr. Pessoa, a FMC tem feito inúmeras parcerias para o bem de Teresina, como por exemplo a campanha para receber alimentos que são doados para famílias carentes afetadas pelas enchentes. Agora junto com o Piauí Samba e o Hemopi, vamos ajudar a salvar vidas”, conta Celene Fernandes.

O evento contará com atrações culturais como Movimento Piauí Samba e Robert Gleydson, Bola, Betão, Jr Trezeguet, Juvenal DD, Duo de Saxofone, Irmãos Fidélis e muitos convidados. Além do samba, ocorrerão rodas de poesias e a população também poderá fazer doações de livros .

Para Robert Gleydson, diretor do Movimento Piauí Samba, o samba mexe com a parte emocional do ser humano e as pessoas vão se sentir atraídas pelo ritmo frenético, pela batucada, pelo momento que é de carnaval, o samba tem um papel social e nessa campanha não será diferente. Ele afirma ainda que no atual cenário, os artistas também carregam a responsabilidade de ajudar o próximo.

“Já que não terá folia, uma das ideias da campanha é levar alegria aos doadores. Com o apoio da Fundação Monsenhor Chaves tudo isso será possível. Sempre somos bem recebidos por onde passamos, por isso chegou a hora de retribuir todo o carinho que recebemos da população teresinense”, frisou Robert Gleydson.

A campanha “Sou sambista sangue bom” inicia às 08h e seguirá até o meio-dia, no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí, que fica localizado na Rua 1° de Maio, 235, bairro Centro.

CRITÉRIOS PARA DOAR

Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos devem possuir consentimento formal do responsável legal);

Pesar no mínimo 50 kg;

Estar alimentado. Não ingerir alimentos gordurosos antes da doação;

Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;

Apresentar documento de identificação com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiro, Certificado de Reservista e Carteira Profissional emitida por classe), serão aceitos alguns documentos digitais com foto.

Cultura: aulas do curso de Marketing Digital para Artistas iniciam hoje em novo local

A Prefeitura de Teresina, por meio de uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e a Associação Maria do Amparo (AACEMA), divulga, divulga a lista dos alunos com inscrições deferidas. Ao todo são 50 profissionais do setor artístico-cultural que irão frequentar ter acesso ao curso que é oferecido de forma gratuita.

Segundo Eriton Silva, superintendente executivo da FMC, o objetivo do curso é oferecer aos artistas teresinenses a oportunidade para terem uma melhor experiência com as ferramentas digitais, que hoje são bem importantes para quem deseja divulgar um trabalho artístico. Eriton Silva lembra ainda que através do curso, os artistas poderão empreender tendo principalmente as novas tecnologias como aliadas.

“O curso tem uma carga horária de 120 horas e envolve conhecimentos sobre mídias sociais, criação, planejamento e produção de conteúdo em vídeos e análise de métricas, uma ótima oportunidade para quem quer se destacar no disputado mercado cultural”, conta Eriton Silva.

Mudança de local

As aulas ocorrem presencialmente a partir da próxima segunda-feira (14), a partir das 14 horas, no auditório José Alves Filho (Prédio do Senac Piauí – Unidade Miguel Sady), que fica na avenida Barroso, nº 1111, no centro de Teresina.

Protocolos de Segurança

A orientação é de que no dia 14 de fevereiro, os alunos cheguem com antecedência e apresentem portando documento com foto e passaporte de vacinação, seguindo o uso de máscara, conforme os protocolos de segurança.

Há uma lista com nomes também deferidos que estão no cadastro reserva. Em casos de desistências, serão chamados.

Confira a lista dos inscritos que irão fazer parte da primeira turma:

AIVLIS MARIA DOS SANTOS AMORIM

ALEX RODRIGUES DIAS

ANA CLAUDIA DUARTE DE ALMEIDA

ANA PAULA DE SOUZA COSTA DE ARAÚJO

ANTONIO CARLOS OLIVEIRA SOUSA

ARIANNE CAMILO DA SILVEIRA PIRAJA

ARNOLD JORDAN ALVES DE MACEDO

CESAR AUGUSTO DA SILVA

DANIELLE BASTOS DA SILVA

EDNA SOUSA DE CARVALHO

ELIEL GOMES FONTENELE

FÁBIO TELES

FILIPI SOUSA SILVA

FRANCISCA GOMES MARTINS

GILBERTO NUNES DE SOUSA JÚNIOR

GUSTAVO CIPRIANO DE SOUZA SANTOS

HEDIVANA RIBEIRO SILVA

HENRIQUE SOUSA SILVA

ITALO LOURHAN CARDOSO BARBOSA

JAIRO CEZAR SHERLOCK DE CASTRO ARAÚJO

JAMILLY REIS DA SILVA

JESSICA GOMES

JIMMY CHARLES DA SILVA GOMES

JOÃO GABRIEL MONTEIRO PESSOA

JOAO VICTOR BARBOSA DE MACEDO

JOÃO VICTOR CARVALHO

JOEL DOUGLAS DE SOUSA ABREU

JOSÉ RAULINO CASTELO BRANCO NETO

JÚLIO CÉSAR DA PAZ PINHEIRO

KELLY ANDREA LUSTOSA DOS SANTOS

LAIANE DA SILVA RIBEIRO

LEANDRO DE PAULA ALVES DA SILVA

MARCELA SOARES RODRIGUES

MARCOS ANTONIO DOS SANTOS SILVA

MARIA FERNANDA MARQUES VANDERLEI

MARIA VITÓRIA DE ARAÚJO OLIVEIRA

MAYKON DOS SANTOS NASCIMENTO

MELKA LETÍCIA DE SOUSA MONTEIRO

PAULO PEREIRA GOUDINHO

PEDRO AUGUSTO DOS SANTOS DE OLIVEIRA

PEDRO VINICIUS CUNHA

POLIANA SEPÚLVEDA CAVALCANTI

RAIELLY ARAÚJO SILVA

RAVEL DE SOUSA RODRIGUES

REGINA VENERANDA DE CARVALHO

RICHARD HENRIQUE FÉLIX DA CRUZ

ROBERVAL BORGES DE MORAES FILHO

SÉRGIO GABRIEL CAVALCANTE MATOS

SIDELMONIO ALVES RIBEIRO

TERESINHA FORTES E SILVA

Palhaços fazem a festa em postos de vacinação infantil na zona rural de Teresina

Desde sexta-feira (11), os palhaços Bolim & Bolão, estão percorrendo os postos de vacinação da zona rural de Teresina, levando muitas brincadeiras e arrancando sorrisos das crianças que procuram os postos em busca do imunizante dos efeitos causados pelo coronavírus. A iniciativa é da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), através de uma parceria com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), que em Teresina é a responsável pela distribuição e aplicação das vacinas.

Segundo Celene Fernandes, gerente de promoção cultural da FMC, as atividades circenses já percorreram as comunidades rurais Cacimba Velha, Taboca do Pau Ferrado, Alegria e Dois Irmãos, e a meta é trabalhar para que atrações ocorram em novos postos de vacinação, isso a fim de garantir mais tranquilidade as crianças que comparecerem aos postos, além de usar a cultura como forma de atrair o público.

“Essas ações culturais, integradas com a campanha de vacinação, dá um novo gás para os órgãos de saúde que estão intensificando as buscas por pessoas não vacinadas. É preciso que tanto as crianças, como os pais ou pessoas em geral, busquem pela vacinação que é gratuita e ajuda a salvar vidas”, conta Celene Fernandes.

Novidade

Nesta segunda-feira (14), às 8h30, a Prefeitura de Teresina irá realizar uma mobilização na Escola Municipal José Camillo da Silveira Filho, na região do Planalto Uruguai, na zona Leste de Teresina. Os palhaços Bolim & Bolão estarão mais uma vez participando como forma de alegrar e atrair a criançada.

FMC promoverá atividades voltadas à criação do diagnóstico cultural de Teresina

Acontece de 16 a 25 de fevereiro, o “ConecThe-se: vamos falar de Cultura?”, evento que realizado pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, e com apoio do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Teresina (CMPC), sociedade civil e Projeto Lagoas do Norte. O mesmo tem como objetivo realizar atividades que buscam ampliar a participação social no processo de construção do diagnóstico cultural de Teresina, principal insumo para a elaboração do Plano Municipal de Cultura da nossa cidade.

O “ConecTHE-se” inicia nesta quarta-feira (16/02), às 09h, no Centro de Treinamento Prof. Odilon Nunes, no bairro Marquês, zona norte, sendo que sua programação também atenderá todas as zonas do município a fim de buscar a participação de um maior número de pessoas. De 21 a 25 de fevereiro ocorrerá também o curso de formação (etapa III), por meio de aulas virtuais, direcionadas a técnicos da FMC, conselheiros do Conselho Municipal de Política Cultural, e membros da sociedade civil, onde aprenderão elaborar o diagnóstico cultural, a partir da coleta dos dados das atividades mencionadas.

Para Jairo Cezar Sherlock, membro do Núcleo Gestor do Plano de Cultura, e servidor da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o Plano Municipal de Cultura é a sistematização de ideias, princípios, propósitos, estratégias e metas que orientarão a gestão de políticas públicas de cultura por meio de: programas; projetos; eventos; atividades voltadas para a valorização e a disseminação da cultura no município.

“O prefeito Dr. Pessoa está muito otimista quanto a realização desse evento, isso por ele entender que essa é a forma mais correta de se fazer cultura ouvindo o povo. É uma atividade que deve ter a atenção de todos, pois o município precisa ter esse plano de cultura”, conta Jairo Cezar Sherlock.

COMO OCORRERÃO

Consulta on-line que poderá ser respondida através de celular, notebook ou tablet, numa média máxima de 15 minutos através link de acesso: https://pt.surveymonkey.com/r/QCDYM8H , bem como nas atividades realizadas, presencialmente nos locais escolhidos.

 

PROGRAMAÇÃO

 

(1º Encontro) ZONA NORTE

– Local: Centro de Formação Prof. Odilon Nunes

– Endereço: Rua Magalhães Filho, 1772 – Bairro: Marquês

– Data: 16 de fevereiro de 2022 (quarta-feira)

– Horário: 9 às 13 horas

 

(2º Encontro) ZONA LESTE

– Local: Biblioteca Municipal São João

– Endereço: Rua Belizário da Cunha, 729 – Bairro: São João

– Data: 16 de fevereiro de 2022 (quarta-feira)

– Horário: 15 às 18 horas

 

(3º Encontro) ZONA SUDESTE

– Local: Teatro João Paulo II

– Endereço: Av. Joaquim Nelson, 1861 – Bairro: Itararé

– Data: 17 de fevereiro de 2022 (quinta-feira)

– Horário: 17 às 20 horas

 

(4º Encontro) ZONA SUL

– Local: Conselho Estadual de Cultura do Piauí – CEC

– Endereço: Rua Treze de Maio, 1513 – Bairro: Vermelha

– Data: 18 de fevereiro de 2022 (sexta-feira)

– Horário: 9 às 13 horas

 

(5º Encontro) ZONA SUL

– Local: CEU SUL Ana Maria Rego

– Endereço: Rua José Miguel Haddad, S/N, Loteamento Portal da Alegria – Bairro Porto Alegre

– Data: 18 de fevereiro de 2022 (sexta-feira)

– Horário: 15 às 18 horas

 

(6º Encontro) ZONA CENTRO

– Local: Palácio da Música

– Endereço: Rua Santa Luzia, 1481 – Bairro: Centro Sul

– Data: 19 de fevereiro de 2022 (sábado)

– Horário: 9 às 13 horas

 

Balé da Cidade de Teresina participa de oficina com o coreógrafo Marcelo Evelin

O Balé da Cidade de Teresina participa, nesta semana, de oficina ministrada pelo coreógrafo Marcelo Evelin, realizada no Teatro João Paulo II, que fica no bairro Parque Ideal, na zona Sudeste de Teresina. A oficina partiu de um convite da companhia com o objetivo de partilhar e criar com o coreógrafo que, ao longo dos anos, vem ganhando destaque nacional e internacional com o seu trabalho.

Para a oficina, Marcelo Evelin trouxe Bruno Moreno, seu parceiro de colaboração no “Demolition Incorporada”, plataforma de criação em dança proposta por ele na cidade de Nova Iorque, em 1995, como lugar-situação-de-trabalho, em parceria com o criador de arte John Murphy, da bailarina Anat Geiger e do técnico de som Jaap Lindijer.

“Estou muito feliz com o convite. Já coreografei uma peça no início dos anos 90, a convite do coreógrafo Sidh Ribeiro, e agora estou voltando quase 30 anos depois, outra pessoa, em outro contexto, em um mundo completamente diferente”, explicou Marcelo Evelin, dizendo ainda que, durante a oficina, estão sendo trabalhadas práticas coreográficas ligadas a percepção do espaço, do outro, da ativação desse corpo, que gera algo para ser discutido e experienciado.

Janaína Lobo, coordenadora artística do Balé da Cidade, destaca que essa parceria é muito importante para o crescimento da companhia, uma vez que a mesma não precisou ir tão longe para buscar novos conhecimentos. Ela cita que Marcelo Evelin é um artista da terra, e por conta de sua longa experiência, tem muito a oferecer ao Balé da Cidade.

“Começar este novo ano de trabalho com uma oficina do Marcelo Evelin é a realização de um desejo antigo nosso, e está acontecendo num momento muito importante. Estamos buscando novos desafios olhando para nossa trajetória de quase 30 anos e nos aproximando de um criador como o Marcelo, que vai nos instigar e expandir nosso fazer, nossa dança. Tenho certeza que esta parceria vai render muito”, disse Janaína Lobo.

Sobre o coreógrafo Marcelo Evelin

Ele é um bailarino, coreógrafo e pesquisador. Vive entre Teresina e Amsterdam, além de estar no momento desenvolvendo trabalhos no Brasil, Japão e em outros países da Europa como artista independente à frente da Plataforma Demolition Incorporada, baseada no CAMPO, um espaço de Residência e Resistência das Artes Performáticas em Teresina, no Piauí. Seus espetáculos: “De Repente Fica Tudo Preto de Gente”, “Batucada” e “A Invenção da Maldade” circulam, atualmente, por teatros e festivais do mundo. Ensina na Escola Superior de Artes de Amsterdam desde 1999 e vem criando projetos junto a Universidades e cursos de mestrado, entre eles ISAC (Bruxelas), Museu Reina Sofia (Madri), EXERCE (Montpellier) e CND (Paris). Em 2019, recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Piauí.

“ConecTHE-se: vamos falar de cultura?”, evento irá realizar diagnóstico cultural de Teresina

Acontece de 11 a 25 de fevereiro, o “ConecThe-se: vamos falar de Cultura?”, evento que realizado pelo Conselho Municipal de Políticas Culturais de Teresina (CMPC), e que tem como objetivo realizar atividades que busquem ampliar a participação social no processo de construção do diagnóstico cultural da capital. O “ConecTHE-se” inicia nesta sexta-feira (11), no Centro de Treinamento Prof. Odilon Nunes , no bairro Centro, sendo que sua programação atenderá todas as zonas do município a fim de buscar a participação de um maior número de pessoas.

Para Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), esse diagnóstico é o principal insumo para a elaboração do Plano Municipal de Cultura da nossa cidade. Segundo o gestor, é muito importante a participação desse processo, uma vez que a determinação do prefeito Dr. Pessoa, é fazer cultura ouvindo o povo teresinense.

“O Plano Municipal de Cultura é a sistematização de ideias, princípios, propósitos, estratégias e metas que orientarão a gestão de políticas públicas de cultura por meio de: programas; projetos; eventos; atividades voltadas para a valorização e a disseminação da cultura no município”, conta Ênio Portela.

Segundo Micael Fidelis, presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC), o evento está sendo realizado com apoio da FMC, Projeto Lagoas do Norte e representantes da sociedade civil. Para ele, o Plano Municipal de Cultura é a sistematização de ideias, princípios, propósitos, estratégias e metas que orientarão a gestão de políticas públicas de cultura por meio de: programas, projetos e eventos, além de atividades voltadas para a valorização e a disseminação da cultura no município.

“Nesta atividade teremos como convidados os artistas, mestres, mestras, fazedores das culturas tradicionais, populares e identitárias, arte educadores, gestores culturais, estudantes em geral, professores, pesquisadores, sendo também aberto para qualquer pessoa com residência na capital e que tenha interesse em participar dos debates”, comenta Micael Fideles.

COMO OCORRERÃO

Consulta on-line que poderá ser respondida através de celular, notebook ou tablet, numa média máxima de 15 minutos através link de acesso: https://pt.surveymonkey.com/r/QCDYM8H

Rodas de conversas que ocorrerá, presencialmente, em espaços culturais selecionados nas cinco zonas da cidade:

LOCAIS DOS EVENTOS

Zona Norte/Centro
11/02/22 (sexta-feira)
09h às 13h – Centro de Treinamento Prof. Odilon Nunes (SEMEC).
Bairro Centro

17/02/22 (quinta-feira)
14h às 17h – Palácio da Música (Rua Santa Luzia, 1481,
Bairro Centro

Zona Leste
12/02/22 (sábado)
14h às 17h Biblioteca Municipal São João
Rua Belizário da Cunha, 720, Bairro São João

Zona Sudeste
12/02/22 (sábado)
17h às 20h – Teatro João Paulo II, Av. Joaquim Nelson, 1861
Bairro Parque Ideal

17/02/22 (quinta-feira)
17h às 20h – Teatro João Paulo II, Av. Joaquim Nelson, 1861
Bairro Parque Ideal

Zona Sul
11/02/22 (sexta-feira)

15h às 18h – Centro de Artes e Esportes Unificado/CEU SUL, Ana Maria Rego, Rua Miguel Adad, S/N, Loteamento Portal da Alegria

18/02/22 (quinta-feira)
09h às 12h – Conselho Estadual de Cultura do Piauí
Rua 13 de Maio, 1513, Centro/Sul