Orquestra Sanfônica de Teresina presta homenagem a estudantes

Dentro das festividades do Dia do Estudante, comemorado na última quinta-feira (11/08), os alunos da Escola Municipal Velho Monge, que fica localizado na região do Bairro Brasilar, na zona Sul de Teresina, receberam uma homenagem da Orquestra Sanfônica de Teresina. O concerto especial dos estudantes teve a participação dos jovens matriculados no Projeto Banda Escola e encantou a todos que acompanharam atentamente as duas apresentações.

Para Ana Gladys, pedagoga do estabelecimento de ensino, a escola é um dos lugares responsáveis por manter a cultura viva, e que por isso todos estiveram unidos para que os alunos pudessem ter a oportunidade de acompanhar de perto o trabalho da orquestra e do Projeto Banda Escola, que é formado por jovens da região. A Pedagoga enfatizou ainda, que essa parceria da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves com a Secretaria Municipal de Educação é muito importante para o enriquecimento cultural e educacional dos alunos, principalmente daqueles em situação de vulnerabilidade.

“Trazer música de qualidade para escolas é algo muito importante, é uma oportunidade para que esses alunos possam ter acesso ao que relembra nossas raízes, bem como também oferecer opções culturais a esses jovens que moram em uma região que é carente de opções saudáveis de cultura”, comenta Ana Gladys, afirmando ainda que a apresentação foi uma oportunidade para que os estudantes pudessem perceber que eles também são capazes de tocar um instrumento e ainda fazer parte de uma orquestra tão importante.

Uma das estudantes que aprovaram as apresentações foi a Anne Caroline, de oito anos, ela conta de forma feliz que adorou assistir de perto a apresentação feita pelo trio da Orquestra Sanfônica de Teresina. Ela também conta que ficou surpresa com outras crianças tocando instrumentos e que agora pretende fazer parte do Projeto Banda Escola.

“Muito bom tudo isso que está acontecendo aqui, espero que eles voltem mais vezes, pois amei as apresentações e claro, ao ver outras meninas tocando um instrumento, eu pretendo também ingressar em uma banda”, diz Anne Caroline.

A Orquestra Sanfônica de Teresina e o Projeto Banda Escola são mantidos com recursos da Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. Para conhecer de perto o trabalho desses dois projetos, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br ou seguir a página cultura_the no Instagram.

Prefeitura de Teresina abre vagas para cursos no Palácio da Música

A Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), abre na próxima segunda-feira (11/07), novas oportunidades para dois cursos na área da música. Os cursos serão oferecidos no Palácio da Música, e nesta etapa estarão disponíveis 80 vagas para aulas de violão e sanfona, todas ministradas por profissionais renomados que fazem parte da Orquestra de Violões de Teresina e Orquestra Sanfônica de Teresina.

O diretor do Palácio da Música, Érico Luiz, conta que o palácio é a maior referência estadual quando se fala em música e capacitação de novos profissionais nesta área no Estado do Piauí, e que a cada ano, vem aumentando a procura por cursos. Ele fala ainda que para melhor atender a população, o espaço vem disponibilizando horários de aulas diversificados e ainda buscando atender um público que não conta com recursos financeiros para custear esses tipos de cursos, que em alguns casos, segundo ele, custam muito caro.

“Aqui no Palácio da Música cobramos apenas um valor simbólico na taxa de inscrição e na mensalidade, porém a pedido do do prefeito Dr. Pessoa, adotamos o uso do CAD-ÚNICO para famílias carentes, onde aqueles que estão com o cadastro atualizado junto aos CRAS, ficam isentos de taxas e mensalidades. Daqui já saíram muitos dos profissionais que hoje atuam no mercado musical, inclusive alguns são integrantes das bandas municipais e das orquestras e tendo até casos de ex-alunos que hoje atuam em bandas nacionais renomadas”, explica Érico Luís, enfatizando ainda que essa é uma ótima oportunidade para os pais matricularem seus filhos em um curso que só contribui com o fortalecimento da cultura.

VAGAS DISPONÍVEIS

CURSO DE VIOLÃO PRESENCIAL JUVENIL

Idade: 10 a 16 anos
É necessário possuir o instrumento
Matrícula: R$ 40,00
Mensalidade: R$ 30,00
Horário:
Terça-feira, 14h às 15h30
ou Quinta-feira, 15h30 às 17h
Início das aulas: primeira semana de agosto

CURSO DE VIOLÃO PRESENCIAL ADULTO

Idade: a partir de 17 anos
É necessário possuir o instrumento
Matrícula: R$ 40,00
Mensalidade: R$ 30,00
Horário:
Segunda-feira, 16h-17h30
Início das aulas: primeira semana de agosto

CURSO DE SANFONA PRESENCIAL

Idade: a partir de 12 anos em diante
Alunos acima de 18 anos precisam possuir o instrumento
Matrícula: R$ 40,00
Mensalidade: R$ 30,00
Aulas com 1h de duração entre os seguintes horários:
Terça-feira, entre 14h e 18h
Quarta-feira, entre 15h e 19h
Quinta-feira, entre 8h e 12h
Início das aulas: primeira semana de agosto

O Palácio da Música funciona para atendimento ao público de segunda a sexta-feira, das 08h às 17 horas, na Rua Santa Luzia, n°1241 , bairro Centro Sul (entre a Avenida Joaquim Ribeiro e a Avenida José dos Santos e Silva). Para mais informações sobre vagas de cursos, bem como outras atividades desenvolvidas no Palácio da Música, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br ou seguir a página cultura_the no Instagram.

Projeto Cara do Piauí segue aberto na Casa da Cultura

A Cara do Piauí é um projeto direcionado a exposições de artistas piauienses, e para inaugurar este projeto, a Casa da Cultura está recebendo o trabalho do fotógrafo Aureliano Muller, que abre para população uma série de exposições. A mostra fotográfica iniciou na última segunda-feira (16), tem produção geral de W. Salmito e traz 20 obras que retratam as belezas do Piauí.

Para W. Salmito, produtor cultural, a exposição vai conhecer o olhar genuíno do piauiense que eternizou o Piauí em imagens marcantes e mostra o que tem de melhor da cultura para as novas gerações.
Ele retrata ainda que é muito importante a valorização que os artistas teresinenses vêm recebendo do poder público, principalmente através da Casa da Cultura, que vem abrindo suas portas para que os artistas possam expor suas artes.

“Esse é um projeto que promove exposições de artistas piauienses. Queremos mostrar o que temos de melhor na cultura para as novas gerações, e para inaugurar a essa série estamos trazendo o experiente Aureliano Müller, que retrata muito bem o Piauí, o Turismo, as riquezas do nosso Estado com sensibilidade”, diz Salmito.

A exposição ficará disponível para todos os públicos até o próximo dia 27 de Maio na Casa da Cultura que fica localizada na Rua Elizeu Martins, esquina com 7 de setembro, número 1426, em frente à praça João Luís Ferreira – Centro/Norte.

Informações para visitantes

Taxa de serviço: R$: 2,00 por pessoa
Agendamento de visitação: (86) 99402-5428 – telefone ou (86) 98864-2231 – WhatsApp

Em comemoração ao dia da Dança, Balé da Cidade de Teresina lança vídeo-coreografia

No dia Internacional da Dança, hoje (29) data criada pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) em 1989 em homenagem ao mestre do balé francês, Jean-Georges Noverre, o Balé da Cidade de Teresina lança o vídeo-coreografia “Eucalipos (um estudo de Corpônica)”.

Janaína Lobo, coordenadora artística do Balé da Cidade de Teresina, fala que a data é uma oportunidade para comemorar e refletir sobre a profissão da dança. “Datas como o Dia Internacional da Dança, que fazem a gente comemorar e reconhecer a nossa profissão, mas é sempre um momento para a gente refletir sobre todas as dificuldades que são históricas e não só de hoje”, comenta Janaína Lobo.

O vídeo foi criado a partir do espetáculo Corpônica (2018), do Balé da Cidade de Teresina, criado por Samuel Alvís. “Nós gravamos o vídeo em 2021, ainda em período de isolamento social. Buscamos um local que fosse aberto, ao ar livre, para fazermos uma interpretação de Corpônica, espetáculo que faz parte do repertório da companhia”, diz Chica Silva, diretora do Balé da Cidade de Teresina.

A gravação aconteceu na praça Teotonio Vilela, popularmente conhecida como Praça dos Eucaliptus, zona norte de Teresina. O vídeo está disponível no canal no Youtube da Companhia, no link: https://www.youtube.com/watch?v=AS-FKQMSCDs

Fotos: Ascom FMC

Dr. Pessoa renova e reajusta contrato com associação da Orquestra Sinfônica de Teresina

Como forma de garantir a execução de vários projetos culturais em Teresina, o prefeito Dr. Pessoa renovou por cinco anos o contrato entre a Prefeitura Municipal de Teresina, Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e a Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina. O novo contrato será válido até dezembro de 2026 garantindo mais segurança para os músicos e demais profissionais que prestam serviços na Orquestra Sinfônica, Orquestra Sanfônica, Orquestra de Violões, Orquestra Escola e da Banda 16 de Agosto e Banda Escola.

Além da renovação do contrato por cinco anos, o prefeito Dr. Pessoa, atendendo ao pedido do maestro Aurélio Melo, resolveu reajustar em 20% o valor mensal do contrato, que agora passa de R$ 416.437,42 para R$ 563,920,03. Para o prefeito, esse reajuste foi necessário, já que, além da estrutura para ensaios e apresentações, as orquestras precisam adquirir nossos equipamentos e ainda garantir a manutenção dos mesmos.

“As orquestras e a Banda 16 de Agosto têm um papel muito importante na cultura teresinense, por isso mantemos o nosso compromisso de valorizar a cultura local dando continuidade a esses projetos. Outra notícia boa é que os músicos também terão seus salários reajustados, pois sei que muitos foram prejudicados por conta da pandemia. Por isso, resolvi, em comum acordo com o maestro Aurélio Melo e o presidente da FMC, Ênio Portela, autorizar os recursos para que os músicos pudessem ter esse aumento no salário”, disse o prefeito Dr. Pessoa, enfatizando que, em breve, Teresina terá mais novidades na área da cultura.

Para Ênio Portela, com a renovação deste contrato, quem sai ganhando é o povo de Teresina, principalmente aqueles que moram na periferia e na zona Rural, que também deverão receber nos próximos meses concertos e ensaios. Ênio Portela fala ainda que o aumento dado ao projeto e aos músicos é mais que merecido, pois são profissionais que estudaram muito e que hoje trabalham diuturnamente para valorizar a cultura da cidade de Teresina.

“Além dos concertos e ensaios que nesta gestão ocorrem por toda a cidade, os músicos das orquestras também ministram aulas para aqueles que desejam aprender a tocar algum instrumento e se inserir no mercado musical. Cito como exemplo o Projeto Banda Escola, que também está inserido neste contrato. Ele ocorre em todas as zonas da cidade, e vem tirando muitos jovens do mundo da criminalidade, sendo que muitos deles acabam se inserindo nas orquestras, tendo ainda casos de ex-integrantes que hoje estão atuando em bandas nacionais”, enfatiza Ênio Portela.

Otimista com a renovação do contrato, o maestro Aurélio Melo, da Orquestra Sinfônica de Teresina, falou sobre o contrato de gestão que teve que ser refeito por conta do término do último contrato. Para ele, o sentimento é de orgulho e gratidão, pois com o novo contrato, a orquestra conseguirá rever tudo aquilo que foi perdido ao longo dos últimos 20 anos, onde não houve ajustes financeiros ideais para o funcionamento dos projetos.

“Por conta da inflação, perdemos muito, tínhamos até dificuldades para fazer a manutenção dos equipamentos, porém, agora com esse reajuste de 20%, conseguiremos pôr em prática todos nossos projetos sem haver as dificuldades de antes. À gestão municipal, o nosso parabéns, pois estamos se sentindo valorizados, respeitados, pois sem a manutenção adequada ficaria inviável continuar os trabalhos que realizamos”, afirma o maestro Aurélio Melo, parabenizando mais uma vez o prefeito Dr. Pessoa e o presidente Ênio Portela pelo olhar diferencial da cultura do município.

Para acompanhar os investimentos da Prefeitura Municipal de Teresina na área da cultura, basta seguir a página @cultura_the no Instagram, ou acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br.

Via Sacra do Monte Castelo inicia nesta quarta-feira (13)

Retornando após uma pausa por conta das restrições provocadas devido a pandemia do coronavírus, a tradicional Via Sacra do Bairro Monte Castelo, inicia às 19h desta quarta-feira (13/04), no Espaço Cultural Professor Wall Ferraz, na zona Sul de Teresina.

Na sua 36° edição , o espetáculo que conta um pouco da vida de Jesus Cristo na terra, contará com apoio da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio das ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC).

De acordo com Rodervaldo Medeiros, produtor do espetáculo, a edição deste ano vem com várias novidades, inclusive com a participação de vários convidados locais e nacionais. Segundo ele, participarão da encenação os atores Francisco Carvalho (João Batista), Roberto Rowntree (Pilatos), Pilar Costa (Maria Cleofas), além das misses Cecília Almeida (Demônio) Emylle Costa (Cláudia) Gaby Lacerda (Salomé).

“Além destes, teremos um elenco local, totalizando a participação de 350 pessoas, entre atores, figurantes e equipe técnica. Serão três dias de espetáculo gratuito, uma oportunidade para os teresinenses conhecerem melhor a história de Jesus Cristo”, conta Rodervaldo Medeiros, enfatizando ainda que este ano o espetáculo pretende ser mais emocionante, isso por conta da pausa provocada pelo momento pandêmico.

Para Ênio Portela, presidente da FMC, Teresina só tem a ganhar investindo em cultura, principalmente nessa que conta uma história marcante para o povo. Ele conta que com os fins de algumas restrições, a gestão municipal vem se preparando para aos poucos retomar as grandes atividades culturais.

“Já recebemos a determinação do prefeito Dr. Pessoa para buscarmos recursos para que retornemos com o calendário cultural do município, para isso nossos técnicos já estão trabalhando na elaboração de projetos, como também buscando ampliar as parcerias com grupos culturais, a exemplo dessa parceria com o Grupo de Teatro do Monte Castelo”, confirma Ênio Portela.

A Via Sacra do Monte Castelo acontecerá nos dias 13,14 e 15 de Abril no Espaço Cultural Prof. Wall Ferraz, no Bairro Monte Castelo, sempre a partir das 19hs. O resumo do espetáculo também poderá ser visualizado no site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves que é o cultura.pmt.pi.gov.br ou na página @cultura_the no Instagram.

 Fotos: Ascom FMC

 

 

 

Orquestra Sinfônica de Teresina realizará concertos no Centro de Convenções

A temporada de 2022 da Orquestra Sinfônica de Teresina foi aberta no dia 24 de março com um concerto trailer no Sesc Cultural. Dando seguimento a agenda de concertos, a OST se apresentará no próximo dia 03 de abril no Teatro do Centro de Convenções de Teresina (CCT), a partir das 20h, dentro da agenda de eventos preparada para o mês de abril.

O espetáculo, construído para essa performance, reunirá as melhores apresentações já realizadas pela orquestra e estará sob a regência do maestro e diretor, Aurélio Melo. Para o maestro, o retorno dos concertos está sendo bem aceito pelos músicos e também pela população teresinense.

“Este será um concerto especial, vamos trazer uma mistura de ritmos e vozes junto com nossos instrumentos. Uma mistura bem bacana que temos certeza que agradará o público”, reforça o maestro Aurélio Melo.

Para viver esta experiência é necessário adquirir o ingresso que já está à venda nas Lojas da Kalor Produções (Riverside e Shopping Rio Poty) ou no site Ingresse.com (ingressos online). Estão disponíveis três espaços: Plateia A, Plateia B e Mezanino; com valores que variam entre R$ 30,00 (meia) e R$ 80,00 (inteira).

A Orquestra Sinfônica de Teresina realiza um forte trabalho de popularização da música erudita através da execução de canções populares, é mantida pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, isso com a finalidade de desenvolver um trabalho artístico-educacional, promovendo apresentações em teatros, colégios e praças.

Projeto Vem pro Teatro reunirá diversos artistas de Teresina

Artistas teresinenses estarão participando do Projeto Vem pro Teatro, que acontece, no próximo sábado (26) e no domingo (27), no Teatro João Paulo II, na zona Sudeste e no Teatro do Boi, localizado na zona Norte de Teresina. De forma gratuita, o projeto visa aproximar ainda mais a população das casas de espetáculos, que por dois anos estiveram com suas portas fechadas por conta das restrições exigidas devido ao momento pandêmico.

Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), conta que as casas de espetáculos foram as primeiras a serem afetadas com as restrições e que agora, com a flexibilização de algumas medidas sanitárias, a Prefeitura de Teresina pretende retomar a movimentação desses espaços. Para o presidente, essas medidas além de oferecer opções culturais para a população, também servirão para valorizar o artista local dando a eles oportunidades de gerarem renda às suas famílias.

“Este retorno é motivo para comemorar passamos muito tempo sem vivenciar espetáculos nos teatros, nas nossas casas. O prefeito Dr. Pessoa é um grande entusiasta da cultura teresinense, e já nos pediu um plano de retorno gradual das atividades nos teatros, bem como a realização de eventos em comunidades urbanas e rurais, isso a fim de oferecer cultura de forma igualitária para todos os municípios”, comenta Ênio Portela.

André Veras e o Forró Alazão estão entre as atrações

Para o cantor André Veras, um dos artistas que irão se apresentar no Vem pro Teatro, o apoio da Prefeitura de Teresina neste momento é muito importante para o artista local, principalmente para aqueles que vivem apenas da cultura. Para o cantor, essa vai ser uma oportunidade para os artistas voltarem a se aproximar do público, além de dar mais visibilidade ao nosso trabalho.

“Fico muito feliz por ter sido chamado para participar desse evento, ainda mais sabendo que é algo que valoriza o trabalho do artista da terra, aquele que nasceu aqui e que tanto luta para divulgar a sua arte. Espero a presença de todos vai ser uma festa bonita, uma oportunidade de reencontro”, conta André Veras.

Este retorno das atividades nos teatros contará com mais de 20 atrações abordando todos os públicos, desde o infantil com os palhaços Bolim & Bolão até o adulto com Janaina & Banda e ainda André Veras e Forró Alazão.

Veja a programação:

Sábado (26)

Teatro do Boi

17H – SHOW INFANTIL – BOLIM & BOLÃO
17:40H – CORPO DE BAILE DO TEATRO DO BOI
18H – ESPETÁCULO INFANTIL – JOÃO TRANCOSO
19H – GRUPO DE DANÇA
20H – SHOW MUSICAL – JANAINA & BANDA

Teatro João Paulo II

17H – ESPETÁCULO INFANTIL : O SAPO SEVERINO
18H – CIA. DANÇA EFICIENTE : ESPETÁCULO PLENITUDE
18:20H – GRUPO DE CULTURA AFRO AFOXÁ : “DAI-ME LICENÇA”
18:50H – GRUPO OPEQ: ESPETÁCULO – LENDÁRIO PIAUIENSE
19:30H – GRUPO DANÇAS QUE TEMOS FEITO: ESPETÁCULO – PIAUIENSE SAMURAI
20H – GRUPO THE FLAVOR BATLE : ESPETÁCULO – DANÇA URBANA
20:30H – SHOW MUSICAL: JAMILLY REIS IN TRIO
16H ÀS 22H – ARTE FEIRA DO TEATRO JOÃO PAULO II

Domingo (27)

Teatro do Boi

17:30H – CIA. TALISMAN DE CIRCO
18H – TRUPE EQUILIBRISTA: BOTANDO SENTIDO
18:40H – GRUPO DE DANÇA
19H – TRUPE DE PONTA CABEÇA – ALÉM DA LONA
19:40H – SHOW DE HUMOR – JACKSTÊNIO
20:10H – SHOW DE HUMOR – KATIA PICOLÉ
20:40H – SHOW MUSICAL – MACHADO JR & BANDA

Teatro João Paulo II
17:30H – MÁGICO ZARON
18:20H – KARLA SOUSA: ESPETÁCULO DE DANÇA – VIAGEM NO CORPO BARCO
19H – GRUPO ARTE 2: ESPETÁCULO DE DANÇA “POSE”
19:40H – GRUPO MUVUCA THE: DANÇA URBANA
20H – SHOW MUSICAL : ANDRÉ VERAS E FORRÓ ALAZÃO
16H ÀS 22H – ARTE FEIRA DO TEATRO JOÃO PAULO II

 

Casa da Cultura recebe exposição de maestro medalhista da ONU

Na intenção de retratar a essência e beleza das coisas simples, o maestro, compositor, artista plástico, historiador, pesquisador e escritor Beetholven Cunha, irá expor sua obra “Entre Paisagens Bucólicas: Vernissage ” durante este final de semana (17/09 e 18/09) na nova Casa da Cultura de Teresina.

Beetholven é pernambucano da cidade de Goiana, e tem suas obras executadas por todo o Brasil e em outros países. Piauiense de coração, ele desenvolveu uma brilhante carreira no Estado durante 15 anos onde foi maestro titular da Camerata Teresinense, diretor e fundador do grupo de música experimental Gmuco, do coral infanto-juvenil da cidade de Teresina e do projeto/grupo de dulcistas Sopro Divino.

(Foto: Reprodução)

Foi durante a pandemia que o artista voltou a trabalhar com artes plásticas. Entusiasmado com a exposição, Beetholven descreve positivamente suas expectativas para as noites de exposição.

“Eu sou formado em música mas voltei a trabalhar com artes plásticas durante a pandemia. Esse trabalho é resultado de 9 meses de trabalho, minha expectativa é a mais positiva possível, quero reencontrar amigos, além de conhecer pessoas novas que queiram ver as paisagens bucólicas”, conta Beetholven Cunha.

A entrada para a exposição é gratuita e tem início às 19:30h na sede da nova Casa da Cultura de Teresina.

Com investimentos da Prefeitura Municipal de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, a nova Casa da Cultura está localizada na rua Elizeu Martins, esquina com 7 de setembro, número 1426, Centro, em frente à praça João Luís Ferreira, e dispõe um museu que contém um vasto acervo museológico, se tornando um grande atrativo para turistas, estudantes e os próprios teresinenses que buscam conhecer um pouco mais sobre a história da cidade.

Para mais informações sobre apresentações e projetos culturais que acontecem na cidade nos acompanhe pelo nosso site https://cultura.teresina.pi.gov.br ou através das nossas redes sociais.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Divulgação)

Balneário Curva São Paulo comemora 14 anos e volta a receber público

O domingo de lazer no Balneário Curva São Paulo, que fica na zona Sudeste de Teresina, era sagrado para muita gente na capital, principalmente para a população de baixa renda que não tinha recursos para ir aos clubes. Com um público bem abaixo do que o de costume, a Curva São Paulo, como é conhecida pela maioria dos teresinenses, passou a ter vários quiosques fechados porém, a Prefeitura de Teresina vai reativar os finais de semana de lazer, fortalecendo o turismo e a geração de empregos.

O Trio Mandacaru animou os presentes

Neste final de semana, através de uma ação integrada entre a Fundação Municipal de Cultura (FMC) e a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Sudeste), foi realizado o aniversário de 14 anos do Balneário Curva São Paulo. Durante a manhã do domingo (22), foi realizada uma missa seguida dos parabéns e do corte do bolo, já no período da tarde houve a apresentação do Trio Mandacaru e do Grupo Fervendo Frevo e Vando do Trombone.

Gilmar Paiva, da Comissão de Organização do Balneário Curva São Paulo, conta que por conta da pandemia o público havia diminuído, mas que agora ele e os demais permissionários já estão animados com o retorno gradativo do público. O permissionário explica ainda que o apoio do poder público é fundamental para que o balneário volte a atrair público.

“Entendemos que o momento ainda é de cautela, pois temos uma pandemia que ainda tira a vida de muita gente, porém com o aumento no número de pessoas vacinadas contra o covid-19, já podemos receber de forma organizada nossos clientes, sempre tendo a preocupação de disponibilizar álcool gel e pias para a higienização das mãos”, conta Gilmar Paiva, afirmando ainda que recentemente o prefeito Dr. Pessoa esteve no local e garantiu a manutenção do mesmo.

O evento foi acompanhado pelo superintendente da SAAD Sudeste, Né Nito e por Scheyvan Lima, presidente da FMC

O presidente da FMC, Scheyvan Lima, esteve no balneário e reafirmou o compromisso da pasta dirigida por ele com os permissionários. O presidente confirma que domingo foi apenas o pontapé inicial para o retorno dos domingos de lazer.

“Como morador da região, me sinto orgulhoso em poder colaborar com esse espaço que é para mim é o melhor ponto turístico da nossa capital, a Curva São Paulo carece de um olhar especial e a pasta da cultura, sempre que viável, estará aqui fazendo o seu papel”, explica Scheyvan Lima.

Quem também mora na região e conhece de perto a realidade do balneário, é o superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, ele comenta que recentemente foram feitos diversos reparos e que a superintendência já planeja dar uma atenção maior, a fim de revitalizar o espaço.

“O nosso prefeito Dr. Pessoa já demonstrou que vai ajudar a buscar alternativas que retorne os investimentos para o balneário, todos nós vamos trabalhar para que esse espaço receba os devidos reparos e volte a ser uma importante atração da nossa cidade”, afirma Zé Nito, confirmando que o balneário já vem registrando um aumento significativo do público.

Inaugurado em agosto de 2007, o Balneário Curva São Paulo foi palco de grandes festas e chegou a atrair público vindo de toda a capital e até mesmo de cidades vizinhas. Com a diminuição no número de contágios por covid-19, bem como o aumento do número de pessoas imunizadas, a gestão municipal já garante mais investimento para o local.